‘Lei do Ex’ no Super Bowl 53? Brandin Cooks busca título inédito após ser trocado pelos Patriots

O Super Bowl 53 entre Los Angeles Rams e New England Patriots pode ser a redenção do wide receiver Brandin Cooks. Para quem não se lembra, o jogador chegou ao Super Bowl 52 como peça importante do ataque dos Pats, mas deixou o campo contundido e viu do banco d reservas a derrota por 41 a 33 para o Philadelphia Eagles. Quis o destino que, exatamente um ano depois, o wide receiver voltasse para a grande final enfrentando justamente os Patriots – o time que o trocou na intertemporada. Será que a famosa ‘Lei do Ex’ vai aparecer na Georgia?

O camisa 12 dos Rams ainda busca seu primeiro título na liga. Cooks foi selecionado na primeira rodada do Draft de 2014 pelo New Orleans Saints – time que também enfrentou nesta temporada e levou a melhor na final da Conferência Nacional (NFC). Vindo da Universidade de Oregon State, o atleta foi eleito durante o College o melhor da posição em 2012 com o troféu Fred Biletnikoff. O outro vencedor de Oregon tinha sido WR Mike Hass, em 2005, que também foi escolha dos Saints.

O wide receiver foi trocado dos Saints para os Patriots – onde jogou durante a temporada 2017 e foi vice-campeão. Cooks voltou a ser trocado na offseason – desembarcando nos Rams. Nesta temporada, o WR quebrou seu recordes de jardas recebidas (1204) e atingiu sua 2ª maior marca de recepções na carreira (80). O camisa 12 é peça importante no esquema de Sean McVay e pode muito bem castigar a secundária dos Pats nos passes mais longos. Será?

Demais caras conhecidas

Três outros jogadores dos Rams já atuaram nos Patriots: os cornerbacks Troy Hill e Aqi Talib e o outside linebacker Dominique Easley são ex-defensores da equipe do New England. O primeiro nem chegou a atuar em jogos oficiais, já Talib fez 19 jogos com a camisa do Patriots com 5 INTs e um touchdown. Lembrando que o CB também estava no elenco do Denver Broncos que venceu os Patriots na final da Conferência Americana em 2015 e depois bateu o Carolina Panthers no Super Bowl 50.

Easley foi a primeira escolha dos Pats no Draft 2014 e tem no currículo 22 jogos e o título do Super Bowl contra os Seahawks. O OLB foi colocado na lista de contundidos na semana 3 da temporada regular e não estará em campo diante do ex-time em Atlanta.

Comentários