Mahomes decide, Chiefs batem os Colts e avançam à final da AFC

O fantasma está exorcizado! Debaixo de muito frio, o Kansas City Chiefs venceu o Indianapolis Colts no Arrowhead Stadium e voltou a uma final de conferência após 25 anos. Contando com uma grande noite Patrick Mahomes e Damien Williams, o ataque dos donos da casa se mostrou muito superior e carregou o time à vitória por 35 a 13 no Missouri. Do outro lado, Andrew Luck enfrentou uma defesa muito feroz e não conseguiu ter um bom desempenho. Decepção pelos lados de Indianapolis.

Aquele equilíbrio esperado simplesmente não aconteceu: os Chiefs dominaram em jardas totais (433 a 263) e o dobro de posse de bola! Apesar de não ter lançado nenhum passe para touchdown, Patrick Mahomes foi vital e fez o que quis da defesa de Indinapolis: 27 de 41 passes completos, 278 jardas e ainda correu para um TD. Do outro lado, nada funcionou: Andrew Luck sofreu com o pass-rush dos Chiefs e Marlon Mack não conseguiu explorar uma das piores defesas da NFL pelo chão.

Agora, os Chiefs, classificados à decisão da AFC, aguardam o resultado de Los Angeles Chargers x New England Patriots, amanhã, para descobrirem quem eles enfrentarão no próximo domingo.

CHIEFS ATROPELAM E ABREM VANTAGEM

Muita neve, vento e uma temperatura de 0° C, vários ingredientes que poderiam complicar muito a vida dos dois times na tarde/noite desse sábado no Arrowhead Stadium. Porém, parece que só o Indianapolis Colts estava vivendo este cenário. Enquanto o ataque liderado por Andrew Luck se limitou a três punts nas primeiras três campanhas do primeiro quarto, o Kansas City Chiefs ignorou completamente essas condições desfavoráveis.

Patrick Mahomes precisou de duas campanhas curtas, de três minutos cada, para colocar 14 a 0 no placar. Primeiro, Damien Williams em uma corrida de 10 jardas. Depois, foi a vez de Tyrek Hill arrancar 36 jardas até à end zone. Na sequência, após outra campanha irrisória dos Colts, Kansas City engatou uma campanha de quase 7 minutos e anotou um field goal de 39 jardas com Butker para ampliar o placar para 17 a 0.

Além do ataque eficiente, a defesa dos Chiefs contou com um excelente trabalho do pass-rush no primeiro tempo e City pressionou constantemente Andrew Luck. Apesar de uma das melhores da liga, a contenção dos Colts não conseguiu fazer o mesmo e encontrou muita dificuldade para brecar o ataque adversário.

COLTS TÊM CHANCE, MAS VACILAM NA HORA “H”

Indianapolis ainda teve um momento que poderia mudar o jogo, quando seu special team bloqueou o primeiro punt dos Chiefs na partida e Zach Pascal recuperou a bola dentro da end zone, diminuindo a desvantagem para 17 a 7. O problema é que Kansas City sequer sentiu esse golpe…

Como destacamos em nossa prévia, um dos caminhos para a vitória dos Chiefs podia ser explorar bem Travis Kelce, que além der um dos melhores tight ends da liga, enfrentaria a pior defesa contra TEs da NFL. Na campanha seguinte isso ficou claro quando Mahomes encontrou dois passes, de 30 e 7 jardas, para levar Kansas City novamente à red zone. E em seu primeiro jogo de playoffs, o jovem QB colocou a bola embaixo braço e correu para o touchdown.

No drive seguinte, os Colts enfim conseguiram seus primeiros first downs da partida, mas Adam Vinatieri mandou na trave uma tentativa de field goal. Com um Arrowhead em êxtase, Indianapolis foi para o vestiário perdendo por três posses de bola.

CHIEFS SEGURAM REAÇÃO DOS COLTS E WILLIAMS SACRAMENTE A CLASSIFICAÇÃO

No segundo tempo, parecia que o cenário seguiria mesmo, quando os Chiefs estabeleceram novamente uma campanha longa. Porém, a defesa dos Colts apareceu quando foi necessário e forçou um turnover on downs de Kansas City.

Precisando correr atrás do resultado, Indianapolis se voltou mais para o jogo aéreo, mas não conseguiu produzir drives relevantes até Andrew Luck encontrar T.Y. Hilton dentro da endzone e cortar a vantagem para duas posses de bola no início do quarto período. Mas a exemplo do primeiro tempo, os Chiefs voltaram a campo na sequência, responderam com mais um touchdown de Damien Williams e sacramentaram a classificação à final da AFC.

Comentários