Super Bowl 53: Tudo que precisa saber sobre Los Angeles Rams x New England Patriots

Atlanta vai tremer com uma das finais mais esperadas dos últimos anos! O Super Bowl 53 está chegando! Enquanto o jovem Los Angeles Rams de Sean McVay chega embalado e sonhando com o segundo Vince Lombardi da franquia, o primeiro em LA, o New England Patriots desembarca no Mercedes-Benz Stadium para a sua 11ª participação na decisão buscando consolidar ainda mais a era Brady/Belichick como a mais vitoriosa de todos os tempos.  Jogaço imperdível! A melhor cobertura do Super Bowl 53 você vê no Endzone Brasil.

Los Angeles Rams (2º NFC)
WILD CARD: Folga
DIVISIONAL: 30 a 22 contra os Cowboys
CHAMPIONSHIP: 26 a 23 contra os Saints
New England Patriots (2º AFC)
WILD CARD: Folga
DIVISIONAL: 41 a 28 contra os Chargers
CHAMPIONSHIP: 37 a 31 contra os Chiefs
 
 
 
 

>> Rams batem os Saints com field goal na prorrogação e vão ao Super Bowl 53
>> Épico! Patriots batem os Chiefs na prorrogação e vão ao 3º Super Bowl consecutivo
>> Você lembra? Veja como foi o Super Bowl XXXVI entre Rams e Patriots
>> ‘Lei do Ex’ no Super Bowl 53? Brandin Cooks busca título inédito após ser trocado pelos Patriots
>> Árbitro que apitou a final entre Patriots x Giants em 2012 vai comandar o Super Bowl 53
>> Maroon 5 é a atração musical do Super Bowl 53
>> Conheça os principais candidatos ao prêmio de MVP do Super Bowl 53
>> Bill Belichick: a mente genial que mudou a história dos Patriots
>> O fenômeno Sean McVay: técnico mais jovem da história a disputar um Super Bowl
>> De desconhecido ao GOAT: Tom Brady pode começar e fechar ciclo no Super Bowl contra os Rams
>> Rams tentam dar o troco nos Patriots no Super Bowl LIII; veja outras revanches
>> Rams vencem os Patriots por 30 a 27… na simulação do Madden NFL 2019
>> Por que o New England Patriots vai ser o campeão do SB53
>>Por que o Los Angeles Rams vai ser o campeão do SB53
>> O caminho do New England Patriots até o SB53
>>  O caminho do Los Angeles Rams até o SB53
>> Pré-jogo do Super Bowl 53 entre Los Angeles Rams e New England Patriots

 

QB Jared Goff (Los Angeles Rams)

Após três anos excelentes na Universidade da Califórnia, com mais de 12 mil jardas e 96 TDs, Jared Goff foi colocado como o melhor jogador do Draft 2016 da NFL. Voltando para Los Angeles após muitos anos em St Louis, os Rams deram um caminhão de escolhas aos Titans para subir à primeira colocação do evento e selecionar o QB. Após um começo ruim nas mãos de Jeff Fisher, o garoto explodiu em 2017 sob a batuta de Sean McVay e comandou o melhor ataque da NFL naquele ano. A gloria veio mesmo em 2018: foi fundamental na vitória contra os Saints e sagrou-se o quarterback mais jovem da história a vencer a NFC. Será que pode levantar o primeiro caneco em Atlanta?

QB Tom Brady (New Engand Patriots)

Se falta experiência para o Los Angeles Rams, sobra para o maior campeão da história da grande final. Tom Brady  já jogou oito Super Bowls, ganhou cinco, e em quatro deles foi o MVP da partida (2001, 2003, 2014 e 2016). Além disso, é o jogador que mais venceu uma divisão da NFL na história (16), o que mais ganhou nos playoffs (30), o único a liderar seu time a uma sequência de 23 vitórias seguidas (2003 e 2004) e a passar os 16 jogos da temporada regular invicto (2007). Fora as carotze indicações ao Pro Bowl e os três títulos de MVP das temporadas 2007, 2010 (deles de forma unânime) e 2017.

Como era de se esperar, as casas de aposta abriram dando um favoritismo natural ao New England Patriots para o confronto em Atlanta. O OddsShark.com mostra que a vitória dos Pats paga R$1,76 a cada real investido, enquanto que um triunfo dos Rams rende R$2,10 para 1. Será que a franquia de Los Angeles pode repetir o feito dos Eagles no ano passado?

Olhando para as demais opções de aposta, o spread está em dois pontos em favor dos Patriots e o total de pontos, famoso over/under, está em 58 pontos. Se você está pensando em colocar uma graninha na grande final, não pode deixar de ler esse guia especial do Oddsshark Brasil trazendo as principais apostas para Rams x Patriots em Atlanta.

Comentários