Bears batem os Redskins em DC com mais um show da feroz defesa

Bem-vindo à temporada 2019, Chicago Bears! Após duas apresentações abaixo do esperado, a equipe voltou a ser dominante – exatamente em um duelo de horário nobre. Meio apagada nos dois primeiros duelos, a defesa de Chicago foi extremamente dominante e não deu qualquer chance ao ataque do Washington Redskins – especialmente na primeira etapa. O grupo forçou cinco turnovers e foi o grande responsável pela vitória por 31 a 15 no Monday Night Football que fechou a semana 3 da NFL no FedEx Field, na capital americana.

Ao todo foram três interceptações em Case Keenum, uma delas retornada para TD, e dois fumbles forçados – ambos pelo monstro Khalil Mack. As roubadas de bola fizeram total diferença na partida – até porque o ataque dos Redskins teve mais jardas totais do que a equipe de Chicago (356 a 298). Apesar das três interceptações, Keenum teve 332 jardas e dois touchdowns. Já Mitch Trubisky completou 25 de 31 passes para 231 jardas, três TDs e uma interceptação.

Defesa de Chicago amassa na 1ª etapa

A forte defesa dos Bears começou amassando desde o primeiro segundo em campo: o grupo logo colocou os primeiros pontos no placar quando o safety HaHa Clinton-Dix interceptou Case Keenum e correu por 37 jardas até a end zone. Não demorou para o ataque dos Bears também pontuar: Trubisky precisou de 11 jogadas para achar Taylor Gabriel dentro da end zone. 14 a 0 Bears.

O roteiro seguiu no segundo quarto: a defesa de Chicago forçava turnovers e o ataque transformava em touchdowns. Khalil Mack forçou um fumble em Keenum e Kyle Fuller interceptou o QB de Washington – ambas as rodadas de bola se transformaram em sete pontos na conexão Trubisky /Gabriel. Foram três TDs do wide receiver apenas na primeira etapa! Mesmo com os Redskins tirando o zero do placar, com um field goal curto, os Bears foram para os vestiários amassando por 28 a 03.


Confira aqui todos os resultados da Semana 3


Redskins reagem, mas não levam

A segunda etapa começou exatamente igual a primeira: com interceptação de Case Keenum. A diferença foi que o machucado Eddie Pineiro errou a tentativa de field goal de 44 jardas.

Quando tudo parecia definido, eis que o ataque dos Redskins renasceu na partida! Com algum tempo para lançar, Keenum mostrou uma força mental impressionante e colocou Washington no jogo com dois passes para touchdown – conexões com Terry McLaurin e Paul Richardson. 28 a 15 Redskins no fim do terceiro período.

Quando Washington caminhava para encostar de vez no marcador, um fumble de Keenum praticamente colocou um ponto final na reação dos mandantes. Zerado até então na segunda etapa, o ataque dos Bears colocou um ponto final na partida com um field goal curto de Pineiro. Vitória maiúscula dos Bears em DC.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (29): os Redskins encaram os Giants no Metlife Stadium às 14h e os Bears recebem os Vikings no Soldier Field às 17h25.

Comentários