Em jogo truncado, Packers batem os Bears na abertura da 100ª temporada da NFL

A 100ª temporada da NFL começou nesta quinta-feira (05)! Embora não tenha sido o duelo recheado de pontos que os torcedores tanto esperavam, o que se viu em campo foi um jogo bem truncado e digno da mais longa rivalidade da NFL. Quem esperava uma vitória do Chicago Bears no Soldier Field caiu do cavalo: o Green Bay Packers acabou com a festa do centenário do rival e venceu na Cidade dos Ventos pelo placar magro de 10 a 3. A partida abriu a semana 1 do futebol americano nos Estados Unidos.

Assim como no Super Bowl 53, as defesas roubaram a cena com performances extremamente dominantes: o ataque de Green Bay teve 213 jardas totais e o dos Bears 254. Apesar de não ter brilhado, Aaron Rodgers fez a diferença quando o time mais precisou dele – o passe para o touchdown de Jimmy Graham decidiu a parada no Soldier Field. Do outro lado, Mitch Trubisky acabou com a última chance de empate com uma interceptação nas mãos do safety Adrian Amos – ex-Bears.

Packers saem na frente no talento de Rodgers

O primeiro duelo da temporada 2019 começou com um show da forte defesa dos Bears no Soldier Field. Para se ter uma ideia da dominância, os Packers tiveram um total de -12 jardas no primeiro período – pior número desde 1994. Do lado dos Bears, o RB calouro David Montgomery conseguiu algumas boas corridas e o também novato Eddy Pineiro colocou o field goal de 38 jardas dentro do “Y”. Os primeiros pontos da centésima temporada da NFL foram do Chicago Bears!

Após um primeiro período para esquecer, Aaron Rodgers mostrou o porquê de ser considerado um dos maiores QBs de todos os tempos no começo do 2º quarto: o camisa 12 conectou um passe de 47 jardas com Marquez Valdes-Scanting e, duas jogadas depois, lançou o primeiro touchdown da temporada nas mãos de Jimmy Graham. Packers na frente na Cidade dos Ventos! Do outro lado, Mitch Trubisky seguia com dificuldade para lançar a bola: foram apenas 73 jardas totais. Green Bay foi para os vestiários vencendo por 7 a 3.

Defesa parou Trubisky e deu a vitória a Green Bay

O duelo seguiu na mesma toada no segundo tempo – com as defesas levando a melhor sobre os ataques. Para se ter uma ideia do drama, o terceiro quarto pode ser resumido em cinco punts e um turnover on downs. Enquanto Aaron Rodgers sofria com o pass-rush insano dos Bears, foram cinco sacks, Trubisky se mostrava bem enferrujado e com sérios problemas na precisão dos passes. Já se começava a ouvir vaias no Soldier Field.

O placar de 7 a 3 no começo do último quarto lembrava as primeiras temporadas da NFL nos anos 20. É neste tipo de jogo truncado que um bom quarterback faz a diferença – foi exatamente o que aconteceu. Rodgers comandou uma linda campanha de seis minutos no último período e posicionou Mason Crosby para um chute de 38 jardas – colocando a diferença em sete pontos.

Mitch Trubisky até esboçou uma reação nos minutos finais, mas as limitações falaram mais alto: o QB lançou uma interceptação nas mãos do safety Adrian Amos – ex-jogador dos Bears! Olha a lei do ex na NFL! Vitória maiúscula dos Packers na casa do rival para colocar ainda mais fogo na briga da NFC North!

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no dia 5 15 de setembro: os Packers recebem os Vikings às 14h no Lambeau Field e os Bears viajam até Mile High para encarar o Denver Broncos às 17h25.

Comentários