49ers passam sufoco no fim, mas vencem os Cardinals e permanecem invictos

49ers passam sufoco no fim, mas vencem os Cardinals e permanecem invictos

Quem esperava um passeio do San Francisco 49ers na noite desta quinta-feira (31) caiu lindamente do cavalo – o Arizona Cardinals foi valente e fez frente a um dos melhores times da NFL em 2019. Embora os Niners tenham sofrido mais do que o normal, o resultado foi o mesmo das semanas anteriores: vitória por 28 a 25 no State Farm Stadium – que mantém a invencibilidade da equipe na atual temporada. O Thursday Night Football abriu a semana 9 da NFL em Glendale, no deserto do Arizona.

Talvez por enfrentar a famosa ‘semana curta’ longe de casa, a defesa dos 49ers não foi tão dominante como em jogos anteriores e permitiu aos Cardinals 357 jardas e 23 pontos: a vantagem de 14 pontos se transformou em três e chegou a assustar o torcedor. No ataque, o destaque foi Jimmy Garoppolo com um jogo impecável: completou 28 de 37 passes para 317 jardas, 4 TDs e nenhuma interceptação. Do outro lado, o calouro Kyler Murray até fez um bom jogo, mas o destaque foi mesmo para Kenyan Drake: o RB ex-Dolphins teve 162 jardas de scrimmage, 1 TD e uma conversão de dois pontos.

49ers passam sufoco no fim, mas vencem os Cardinals e permanecem invictos

San Francisco larga na frente em Glendale

Impulsionado pela fanática torcida, os Cardinals começaram com tudo e abriram o placar já na primeira posse de bola da partida: drive rápido que o estreante Keynan Drake, ex-Dolphins, finalizou com uma corrida curta até a end zone. 7 a 0 Cardinals.

Infelizmente para a torcida no State Farm Stadium, esta foi a única pontuação de Arizona na primeira etapa. A partir de então foi um domínio total da defesa dos Niners – Foram apenas 72 jardas do ataque de Arizona até o intervalo.

Após um início meio lento, o ataque de San Francisco acordou: o jogo terrestre encaixou e Jimmy Garoppolo acertou bons passes. Foram três passes para touchdown do QB dos Niners antes do intervalo: conexões com George Kittle, Kendrick Bourne e Emmanuel Sanders – segundos antes do estouro do cronômetro. Dominante, San Francisco foi para os vestiários em Glendale vencendo por 21 a 7.


Confira aqui todos os resultados da Semana 9


Cardinals reagem, mas não levam

Assim como na primeira etapa, os Cardinals começaram bem e anotaram um touchdown logo na primeira campanha deles na segunda etapa: lindo passe do calouro Kyler Murray para KeeSean Johnson. Quando parecia que o duelo se tornaria interessante, Garoppolo respondeu com o seu quarto passe para touchdown – este para Dante Pettis. 28 a 14 Niners.

Muitos times jogariam a toalha nesta situação, mas não os Cardinals: a equipe reagiu e quase foi buscar o empate no último período! Depois de Zane Gonzalez acertar um field goal de 36 jardas, Kyler Murray transformou o jogo em uma posse de bola com uma fantástica conexão de 88 jardas com Andy Isabella e uma conversão de dois pontos com o estreante Drake. 28 a 25 San Francisco.

Os Niners receberam a bola de volta com 4:23 para o fim do jogo e souberam controlar o relógio com maestria – a bola jamais voltou para as mãos dos Cardinals após o touchdown. Garoppolo converteu uma 3ª descida crucial e garantiu a invencibilidade dos Niners em 2019!

Próximos jogos

Enquanto os Cardinals voltam a campo no dia 10 de novembro, às 15h, contra os Buccaneers em Tampa, os Niners fazem o Monday Night Football no dia seguinte em um JOGAÇO contra o Seattle Seahawks às 22h15 no Levi’s Stadium.

Comentários