De torcedor assumido a decepção no Draft: Aaron Rodgers terá sua vingança contra os Niners?

Aaron Rodgers vai disputar sua quarta final da NFC na carreira neste domingo (19), quando os Packers viajam para Califórnia para enfrentar o San Francisco 49ers. Porém, esta pode ser a final mais pessoal da carreira do camisa 12 de Green Bay. Mesmo com tantos elementos que envolvem a decisão, A-Rod terá que lidar algo a mais no Levi’s Stadium: além de enfrentar o time de sua infância, o camisa 12 encara a equipe que o ‘esnobou’ no Draft de 2005 – mesmo ele se dizendo abertamente torcedor da franquia. Será que ele terá a sua vingança?

49ers ‘esnobaram’ Rodgers no Draft 2005

Rodgers é nascido em Chico, California, cidade próxima ao antigo Candlestick Park, ex-casa dos Niners. Cresceu assistindo os fantásticos times de San Francisco, liderados por Joe Montana, Jerry Rice, Steve Young.

No Draft de 2005, San Francisco tinha a 1ª escolha geral e precisava, desesperadamente, de um quarterback. Aaron Rodgers, um nativo da área e ótimo prospecto no College (jogava na própria Universidade da Califórnia), era cotado como escolha óbvia dos Niners por alguns analistas. Mas, de forma surpreendente, o selecionado foi o QB Alex Smith, de Utah.

Como de praxe em praticamente todos os Drafts, a não-escolha de um jogador altamente cotado começou a levantar dúvidas nas outras equipes. E Rodgers foi caindo, caindo, caindo até a 24ª escolha, do Green Bay Packers. Só então ele foi selecionado – para ser o reserva e sucessor direto do lendário Brett Favre.

A-Rod não escondeu sua surpresa e seu descontentamento com a situação, afirmando : “Desapontado, sim, porém não tanto quanto os 49ers estarão por não terem me selecionado.”

Em conferência de imprensa nesta quarta-feira (15), Rodgers comentou sobre a situação do passado : “Eu geralmente sonhava em jogar nos 49ers quando criança. Obviamente, isso já passou a muito tempo atrás. Mas eu me recordo de muitos jogos importantes entre Packers e Niners no passado, incluindo um nesta mesma situação (final da NFC).”

A historia entre Packers e 49ers nos playoffs

O jogo deste domingo marcará a 8ª vez em que o confronto é realizado nos playoffs. Green Bay leva a melhor no total, com 4 vitórias contra 3 de San Francisco. Nos quatro primeiros duelos, realizados de forma consecutiva (1996 e 1997 no divisional round, 1998 na final de conferência e 1999 no wild card), Green Bay levou a melhor em três, inclusive sendo campeão do Super Bowl em 1997. A vitória dos Niners veio por 30×27 no dramático jogo de Wild Card de 99. Em 2002, outra vitória para o time verde e amarelo.

Onze anos se passaram até os dois próximos confrontos, no primeiro, 45×31 para San Francisco com uma performance histórica de Colin Kaepernick. No ano seguinte, 20×17 para os 49ers também, em um jogo decidido com um field goal de Phil Dawson no último lance da partida.

No entanto, o retrospecto de Rodgers…

Se os Packers possuem um retrospecto positivo no geral contra seu rival, Aaron Rodgers não pode dizer o mesmo. Ao longo de sua carreira, são 4 vitórias e 5 derrotas (incluindo playoffs) contra seu time do coração. Duas dessas derrotas foram na pós-temporada (2013 e 2014).

Certamente Rodgers e os Packers não guardam boas lembranças de sua última visita ao Levi’s Stadium, atual estádio dos 49ers. Uma derrota humilhante por 37×8 na semana 12 da atual temporada. O ataque de Green Bay foi completamente anulado durante a partida inteira, Rodgers teve números péssimos e o ataque de San Francisco passou por cima da defesa adversária com facilidade.

Após o jogo, Jimmy Garoppolo revelou uma conversa em que Aaron Rodgers afirmou : “Iremos nos reencontrar logo logo.” A previsão de A-Rod estava correta.

Será que a estrela dos Packers consegue liderar sua equipe a vitória desta vez? Será que ele finalmente consegue derrotar seu time de infância, nos playoffs? Será que ele ainda tem gasolina no tanque para chegar a mais um Super Bowl? Ingredientes que só tornam esse jogão ainda mais interessante!

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários