Entenda por que o Kansas City Chiefs vai vencer o Super Bowl 54

A contagem regressiva para o Super Bowl 54 está chegando ao fim. Kansas City Chiefs ou San Francisco 49ers: quem vai vencer a finalíssima deste domingo (02) 0em Miami? Eis a grande questão que permeia o mundo da NFL. Pensando em responder esta pergunta, o Endzone Brasil preparou uma série especial de dois textos – analisando com um pouco mais de profundidade quais os motivos que levarão as equipes ao tão sonhado Vince Lombardi em fevereiro.

Depois de analisar os motivos que levarão o San Francisco 49ers à vitória, o foco agora é destrinchar o Kansas City Chiefs. Confira por que Patrick Mahomes e companhia vão vencer o Super Bowl 54 em Miami!

>>PÁGINA ESPECIAL DO ENDZONE BRASIL COM TUDO SOBRE O SUPER BOWL 54

Patrick Mahomes é simplesmente imparável

Embora a promessa seja de um duelo bem equilibrado na Flórida, os Chiefs aparecem com um ligeiro favoritismo nas bolsas de aposta. Isso porque eles sabem que Kansas City possui o jogador mais talentoso deste duelo: Patrick Mahomes. Embora a defesa dos 49ers realmente seja excelente, a grande questão aqui é: eles ainda não enfrentaram um quarterback tão bom e versátil como o camisa 15.

Além do fato do quarterback castigar com as pernas e ter sido o melhor jogador dos Chiefs em jardas terrestres nos playoffs, o que Mahomes consegue fazer em termos de mobilidade no pocket e improvisação é algo de outro mundo. Portanto, por mais que o pass-rush de San Francisco tente colocar as mãos nele, o QB dos Chiefs sempre vai tirar alguns coelhos da cartola e manter as campanhas vivas – seja com passes em janelas absurdas ou corridas cruciais em terceiras descidas.

A defesa contra o jogo corrido é melhor do que você imagina

No papel, o encontro do segundo melhor ataque terrestre contra a 26º defesa pelo chão pode parecer algo desastroso para os Chiefs. Se levar em conta que San Francisco venceu os dois primeiros jogos de playoffs praticamente só correndo com a bola, a situação fica ainda pior. Entretanto, é preciso ressaltar que a defesa de Steve Spagnuolo vem melhorando demais nas últimas semanas e não é mais aquele queijo suíço do começo da temporada.

Durante os primeiros dez jogos da temporada, Kansas City cedeu uma média de 148 jardas terrestres por partida (2º pior da liga) e 12 TDs pelo chão (5º pior). Entretanto, o panorama mudou bastante nos últimos oito compromissos: os Chiefs permitiram 93,6 jardas por partida (14º), quatro TDs terrestres e apenas um running back conseguiu passar das 100 jardas (Josh Jacobs, 104).

Essa melhora ficou mais do que evidenciada na final da AFC: os Chiefs limitaram o “Avatar” Derrick Henry a ‘apenas’ 69 jardas e um touchdown. Para fechar, se o ataque abrir uma boa vantagem logo de cara, os Niners sequer poderão correr com a bola.

Falta de experiência dos 49ers na grande final

Por mais que o San Francisco 49ers tenha sobrado na pós-temporada até o momento, vale sempre lembrar que trata-se de uma equipe que ficou os últimos cinco anos sem ir aos playoffs e que venceu um total de 12 jogos somando as temporadas 16, 17 e 18.

Quem acompanhou o sucesso dos Patriots em Super Bowls nos últimos anos sabe que a experiência na grande final pesa demais nos momentos decisivos. Dos 52 jogadores do elenco dos Niners, apenas dois já jogaram a grande final: Richard Sherman e Joe Staley. Em um duelo que promete ser tão equilibrado, isso vai acabar pesando em algum momento.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários