Entenda por que o San Francisco 49ers vai vencer o Super Bowl 54

A contagem regressiva para o Super Bowl 54 está chegando ao fim. San Francisco 49ers ou Kansas City Chiefs: quem vai levar a melhor neste domingo (02) 0em Miami? Eis a grande questão que permeia o mundo da NFL. Pensando em responder esta pergunta, o Endzone Brasil preparou uma série especial de dois textos – analisando com um pouco mais de profundidade quais os motivos que levarão as equipes ao tão sonhado Vince Lombardi em fevereiro.

Depois de analisar os motivos que levarão o Kansas City Chiefs à vitória, o foco agora é destrinchar o San Francisco 49ers. Confira por que Jimmy Garoppolo e companhia vão vencer o Super Bowl 54 em Miami!

Uma das melhores defesas da NFL vai conter Mahomes e companhia

Simplesmente a segunda melhor defesa em números de jardas totais e a melhor contra o passe. O sonho de qualquer coordenador defensivo é ter uma defesa capaz de gerar pressão no quarterback adversário sem a necessidade de abusar dos blitzes – e essa é a maior capacidade da defesa de San Francisco.

O front-four liderado por Nick Bosa, DeForest Buckner, Arik Armstead e Dee Ford tem habilidade e força o suficiente para acabar com a paz de qualquer quarterback: os Niners tiveram a maior porcentagem de pressão da NFL (14,7%) – mesmo sendo a 4ª equipe que menos mandou blitzes na temporada.

Uma linha defensiva poderosa assim abre o playbook defensivo e possibilita uma marcação muito mais efetiva – tanto no mano a mano como em zona. Ajudando muito nas coberturas temos Fred Warner, líder da equipe em tackles, e o experiente Richard Sherman, ainda um dos melhores cornerbacks da NFL. Durante a temporada, Sherman cedeu um rating de 36.4 aos QBs que passaram em sua direção. Para se ter noção, se todos os passes em sua direção fossem incompletos, o rating seria de 39.6. Sim, o camisa 25 é um monstro.

Pressão, criatividade defensiva, coberturas precisas…Patrick Mahomes vai ter que recorrer ao fundo da sua cartola mágica para bater esta defesa.

O jogo corrido e o play-action dos Niners vão destruir a questionável defesa de KC

Que o jogo terrestre de San Francisco é um dos melhores da NFL não é surpresa para ninguém. No domingo, Kyle Shanahan terá todos seus running backs disponíveis. Raheem Mostert, a grande surpresa desta pós-temporada, deve carregar o piano e explorar os buracos da oitava pior defesa contra o jogo corrido na temporada. Além de Mostert, SF conta com uma rotação interessante.

Matt Breida pode “mudar as marchas” do ataque, com corridas mais ágeis, por fora da linha ofensiva. Tevin Coleman pode correr entre as trincheiras com mais força e potencial de tackles quebrados, além de ajudar bastante nos passes. São múltiplas opções para confundir completamente a defesa de Kansas City.

Não bastasse isso, o jogo aéreo dos Niners também é super eficiente e deve punir a defesa dos Chiefs, principalmente com play-actions. Na verdade, San Francisco foi a equipe com maior número de jogadas explosivas na temporada.

Isso mesmo, o “questionado” Jimmy Garoppolo foi mais explosivo do que o “mágico” Patrick Mahome. Foram 85 big plays para o ataque dos Niners, com destaque para o novato Deebo Samuel que teve 23 delas – através de recepções longas ou corridas surpreendentes. Se Samuel for anulado, sem problemas para San Francisco: George Kittle assume a responsabilidade.

Em um jogo de detalhes, San Francisco leva a melhor nas trincheiras

A importância das linhas ofensivas e defensivas é imensurável. E San Francisco leva vantagem em ambos os lados. Na defesa, o já citado front-four mais perigoso da NFL deve criar múltiplos problemas para o ataque dos Chiefs e anular o fraco jogo corrido de Kansas City.

No ataque, os 49ers fazem um trabalho melhor na proteção de seu QB (que, por próprios méritos, também se livra rapidamente da bola na maioria das situações) e principalmente, abre grandes espaços para seus running backs trabalharem. O veterano Joe Staley lidera esse belo trabalho em equipe, com a ajuda de George Kittle (melhor tight end bloqueador da NFL), de Kyle Juszczyk – possivelmente o melhor fullback da NFL – e dos wide receivers, sempre físicos e proativos nos bloqueios.

A equipe dos 49ers é muito mais balanceada do que a dos Chiefs

Para resumir, San Francisco pode não ser uma equipe perfeita em todos aspectos do jogo, mas é extremamente bem balanceada, eficiente e agressiva nas três fases mais importantes de uma partida. Time de especialistas ótimo, defesa avassaladora (com uma mistura de experiência e juventude) e um ataque que sempre escolherá os melhores caminhos para a vitoria – seja passando a bola 45 vezes na partida ou correndo 45 vezes.

Os Niners não se importam com estatísticas, os Niners se importam com eficiência, domínio do relógio, anular os pontos fortes do adversário e explorar os pontos fracos. Por essas e outras, San Francisco vai sair de Miami com seu sexto título de Super Bowl, igualando New England Patriots e Pittsburgh Steelers no topo da NFL.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários