Em um jogaço, Packers derrubam os Seahawks e encaram os 49ers na final da NFC

A promessa de um jogaço se concretizou no duelo que fechou a rodada divisional da NFL: Green Bay Packers e Seattle Seahawks fizeram, de longe, o embate mais equilibrado do fim de semana de playoffs. Russell Wilson bem que tentou, tirou alguns coelhos da cartola, mas do outro lado também estava um dos maiores gênios do esporte. Quando precisou, Aaron Rodgers acertou lindos passes nos momentos decisivos e foi vital na vitória por 28 a 23 no gelado Lambeau Field, em Wisconsin. A vitória garante aos Packers a classificação à final da NFC – para encarar o San Francisco 49ers em Santa Clara.

Equilíbrio foi a palavra que reinou no embate na tundra de Green Bay: as duas equipes tiveram praticamente o mesmo número de jardas totais e tempo de posse de bola. Do lado vencedor, Aaron Jones mais uma vez foi decisivo, com dois touchdowns, mas a vitória não seria possível sem as conversões cruciais de Aaron Rodgers nos minutos finais: o camisa 12 terminou com 243 jardas e dois TDs. Do outro lado, Russell Wilson não teve muita ajuda do jogo terrestre e, mais uma vez, teve que carregar o ataque nas costas: foram 277 jardas, um touchdown e mais 64 jardas terrestres. Marshawn Lynch também teve dois touchdowns, mas ambos em situação de corridas próximas da end zone.

Green Bay domina na primeira etapa

A promessa de um duelo altamente equilibrado não aconteceu na primeira etapa: o Green Bay Packers foi melhor e dominou nos dois lados da bola oval. Não demorou para Aaron Rodgers abrir o placar no Lambeau Field: conexão de 20 jardas para o touchdown de Davante Adams – logo no primeiro drive do duelo. Letárgico em boa parte do primeiro tempo, o ataque de Seattle funcionou nos minutos finais do primeiro período – com um field goal de Jason Myers. 07 a 03 Packers.

Aos poucos, o ataque de Green Bay foi se encontrando e engolindo a defesa dos Seahawks: Rodgers acertou vários bons passes e Aaron Jones conseguiu estabelecer o jogo terrestre. O running back comprovou a boa fase no segundo período – transformando os dois bons drives em touchdowns. Já são 21 deles na atual temporada! Do outro lado, Russell Wilson sofria com um jogo corrido quase nulo. Com tranquilidade, os Packers foram para os vestiários vencendo por 21 a 03.

>>> CONFIRA O CALENDÁRIO COMPLETO DOS PLAYOFFS 2020

Seahawks encostam, mas os Packers levam

O panorama começou a mudar ao longo da segunda etapa: o ataque do Seattle Seahawks voltou com uma pegada totalmente diferente e teve dois drives longos no terceiro período – ambos terminados em touchdown. Russell Wilson posicionou o “Beast” Marshawn Lynch para um touchdown terrestre e depois encontrou Tyler Lockett dentro da end zone. Green Bay também pontuou no primeiro drive do segundo tempo: em uma conexão maravilhosa de 40 jardas de Rodgers – mais uma vez com Davante Adams. 28 a 17 Packers.

Russell Wilson entrou com tudo no último período – disposto a buscar uma virada épica na tundra de Green Bay. Seattle bem que tentou, até encostou de vez no placar com mais um touchdown terrestre de Lynch, mas do outro lado também havia um gênio do esporte. Com uma tranquilidade absurda nos momentos mais decisivos, Aaron Rodgers acertou passes cruciais, manteve a posse de bola e deixou Wilson sentadinho no banco! No fim, Green Bay ajoelhou três vezes e carimbou o passaporte para a enfrentar os 49ers na final da NFC!

Próximos jogos

O Green Bay Packers volta à campo no próximo domingo (19), às 20h40, em um JOGAÇO na final da NFC: o time encara o San Francisco 49ers no Levi’s Stadium.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários