Wild Card 2020: Prévia de Houston Texans x Buffalo Bills

Os playoffs 2020 começam com um duelo que promete ser muito quente no Texas – de duas franquias que jamais foram campeãs do Super Bowl. Enquanto o Houston Texans ainda é um dos quatro times que sequer chegaram à grande final, o Buffalo Bills perdeu nas quatro oportunidades que teve e busca a primeira vitória em pós-temporada desde 1995! Prepare-se para um grande embate neste sábado (04), às 18h35, no NRG Stadium, em Houston.

Ambas as equipes são sinônimo de fracasso na pós-temporada e querem tentar apagar esta fama com um triunfo contundente no Texas este sábado. Apesar de Houston chegar como o campeão da disputada AFC South, o time teve, pelo menos, duas vitórias a menos do que os demais campeões de divisão. Trata-se de uma equipe que, embora tenha se mostrado irregular em alguns momentos, possui um ataque dinâmico com o talentoso QB Deshaun Watson no comando.

>>> Confira o calendário completo dos playoffs

Já o Buffalo Bills se destaca pela força do outro lado da bola oval: a defesa é a segunda melhor cedendo pontos e a terceira em jardas. O grupo foi o grande responsável por neutralizar os oponentes e permitir que o ataque, não tão potente, fizesse o suficiente para vencer as partidas – garantindo uma das vagas do Wild Card. Qual dos dois grupos vai levar a melhor na batalha de sábado? Confira!

Tecnicamente, este é o primeiro duelo de playoffs da história das franquias. Buffalo chegou a enfrentar o Houston Oilers (agora Tennessee Titans) na pós-temporada de 1993 e venceu na maior virada da história da NFL: os Bills tiraram uma diferença de 32 pontos e, comandados por Frank Reich (hoje técnico dos Colts) venceram por 41 a 38 na prorrogação.

No geral, os Texans possuem uma ligeira vantagem nos confrontos: são cinco vitórias e quatro derrotas. O último duelo aconteceu na semana 6 de 2018 e foi vencido por Houston por 20 a 13 – com o QB Nathan Peterman, reserva dos Bills, lançando uma pick-six no último minuto de partida.

Embora os Texans venham de derrota na semana 17, a equipe poupou grande parte dos titulares diante dos Titans – por já estar garantido na pós-temporada. Tirando a última apresentação, Houston teve uma média de 23,8 pontos nos últimos cinco jogos com o time completo e deve dar trabalho para a defesa dos Bills. Para vencer no sábado, será vital que o ataque terrestre apareça – especialmente nas corridas de Deshaun Watson: o QB correu 413 jardas em 2019 e pode se aproveitar de uma defesa que mostrou dificuldade quando teve que parar quarterbacks móveis.

Da defesa, o grande trunfo dos Texans será o retorno de JJ Watt. Inicialmente diagnosticado como fora de toda a temporada, o DE fez um grande esforço, se recuperou antes do tempo previsto e estará em campo neste sábado. Mais do que as habilidades de um jogador que já foi três vezes o Melhor Jogador de Defesa da liga, Watt traz uma eletricidade a mais por ser o principal líder do grupo. Em um jogo que deve ser decidido nos detalhes, um ‘playmaker’ que força turnovers pode fazer total diferença no resultado final.

Talvez o maior trunfo para o sucesso dos Bills seja o excelente desempenho como visitante: o time venceu seis dos oito compromissos longe do New Era Field. Apesar do ataque não empolgar muito o torcedor, Josh Allen pode fazer a diferença também com as pernas: foram 510 jardas terrestres e nove touchdowns. Como a defesa de Houston é a segunda pior cedendo corridas para QBs, média de 5,6 jardas por corrida, a versatilidade de Allen pode compensar a irregularidade lançando a bola.

Embora toda a defesa dos Bills mereça elogios, um jogador em especial deve ser vital no NRG Stadium: Tre’Davious White. O cornerback vem fazendo um 2019 incrível e terá a difícil missão de anular DeAndre Hopkins – um dos melhores wide receivers da NFL. O recebedor foi o alvo em 29% de todos os passes lançados por Watson em 2019 e deve ser ainda mais importante se Will Fuller realmente não jogar. Portanto, se White vencer o duelo e limitar as recepções do camisa 10, Buffalo estará mais próximo da vitória.

Muito por jogar em casa, os Texans aparecem com um ligeiro favoritismo nas casas de aposta. Segundo os odds do Oddsshark.com/br, a vitória de Houston paga R$1,68 para cada real apostado; já o triunfo dos Bills no NRG Stadium rende R$2,55 para 1.

A promessa é de um jogo bem equilibrado e decidido nos detalhes no Texas – ambas as equipes vão tentar controlar o relógio e ditar o ritmo da partida. Neste contexto, o diferencial de turnovers será chave – e neste quesito Buffalo leva vantagem. Josh Allen vai castigar com as pernas e buscar uma vitória apertada no NRG Stadium.

Palpite do Endzone Brasil: Houston Texans 19 x 21 Buffalo Bills

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários