Com virada épica de Mahomes, Chiefs batem os 49ers e vencem o Super Bowl 54

Que final épica, amigos! Solta o grito, torcedor do Kansas City Chiefs! Após 50 longos anos de espera, uma das franquias mais tradicionais da NFL volta a levantar o Vince Lombardi na noite deste domingo! Assim como nas outras vitórias da equipe nos playoffs, não faltou emoção no Super Bowl 54: Patrick Mahomes mais uma vez mostrou sua genialidade e arquitetou uma virada de dez pontos no último período. Título mais do que merecido! Com muita personalidade, os Chiefs venceram o San Francisco 49ers por 31 a 20 no Hard Rock Stadium e levantam o segundo Vince Lombardi de sua história!

Quando os Chiefs perdiam por 10 pontos no começo do último quarto, muitos já davam os Niners como campeões do Super Bowl. Eis que a personalidade desta equipe mais uma vez apareceu: a defesa dominou Jimmy Garoppolo e companhia e o ataque anotou 21 pontos consecutivos… final épico para uma temporada histórica da NFL! Apesar das duas interceptações, Patrick Mahomes apareceu quando o time mais precisou: foram 286 jardas e dois touchdowns decisivos – além de correr para outro. O primeiro título da carreira de Andy Reid – um dos melhores técnicos da história da liga finalmente conquista o seu primeiro troféu.

Do outro lado, San Francisco fez três quartos bem consistentes, mas caiu de produção justamente nos momentos mais cruciais da partida – dos dois lados da bola oval. Jimmy Garoppolo até fez a parte dele, mas não produziu absolutamente nada nos momentos mais decisivos. A feroz defesa até buscou dois turnovers, mas não conseguiu brecar Mahomes e companhia no momento mais importante.

Grande primeira etapa no Hard Rock Stadium

Como era esperado, o Super Bowl 54 começou eletrizante e com muitos pontos anotados – totalmente diferente da edição anterior em Atlanta. Quem largou na frente foi o San Francisco 49ers: campanha de seis minutos que Robbie Gould finalizou com um field goal de 38 jardas. A resposta de Kansas City foi imediata: Patrick Mahomes comandou um drive maravilhoso, de mais de sete minutos, e finalizou com uma corrida curta até a end zone. 07 a 03 Chiefs no final do primeiro quarto em Miami.

Jimmy Garoppolo tentou responder logo de cara, mas acabou sendo interceptado pela defesa de Kansas City. Os Chiefs flertaram com mais um touchdown, mas ficaram em um field goal curto de Harrison Butker. Pressionado, o ataque de San Francisco precisava dar uma resposta rápida – e ela veio: grande campanha liderada por Garoppolo – finalizando com um touchdown de 15 jardas na conexão com o fullback Kyle Juszczyk. Jogão na Flórida.

No final das contas, uma primeira etapa extremamente equilibrada: foram 155 jardas totais para os Chiefs e 177 para os 49ers. Apesar do turnover, Garoppolo foi muito bem com nove de 11 passes completados para 89 jardas e um touchdown. Do outro lado, Mahomes não decepcionou completando 12 de 18 passes para 104 jardas e um TD terrestre. Chiefs e 49ers foram para o intervalo empatados em 10 a 10 no Hard Rock Stadium.

Virada épica dos Chiefs no último período

Se o primeiro tempo foi equilibrado, no terceiro período só deu San Francisco 49ers: o time dominou dos dois lados da bola oval! A defesa colocou Patrick Mahomes ‘no bolso’ e dominou o quarterback com duas interceptações cruciais. Já o ataque soube aproveitar as boas posições de campo e logo abriu uma boa vantagem: um field goal de Gould, o segundo dele na partida, e um touchdown terrestre de Raheem Mostert – carrasco dos Packers. 20 a 10 Niners no fim do terceiro período.

Muitos já davam o título para os Niners, mas esqueciam o que os Chiefs já haviam feito nos jogos anteriores dos playoffs. Acredite se quiser: Patrick Mahomes arquitetou uma virada épica no último período! Esse camisa 15 é demais! Foram dois touchdowns em menos de cinco minutos: ambos em passe do quarterback para Travis Kelce e Damien Williams, respectivamente. Demais!

Apático no último período, o ataque dos Niners buscou o touchdown da vitória, mas foi engolido pela defesa de Kansas City. Os Chiefs precisavam de um first down para o título, mas foram além: Williams escapou pela direita e anotou o touchdown do título! Épico! A defesa interceptou Garoppolo nos últimos segundos e sacramentou o título mais do que merecido!

Em nome da equipe Endzone Brasil, gostaríamos de agradecer por mais um ano com quebra de audiência em mais uma temporada consecutiva! Vocês são demais! Estaremos juntos em mais uma temporada em 2020!

Um grande abraço e muito obrigado pela parceria!

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários