Resumo do Combine 2020: marcas incríveis, surpresas positivas e decepções

Como já é de praxe na offseason da NFL, foi realizado entre os dias 23 de fevereiro e 02 de março o Scouting Combine pré-Draft, no Lucas Oil Stadium, em Indianapolis. O evento possibilita que jovens jogadores vindos da universidade (convidados pela liga) demonstrem suas capacidades atléticas e habilidades específicas de cada posição, perante aos olhos de treinadores e scouts de todas as equipes da NFL.

Testes de velocidade, agilidade, aceleração, força, saltos, são realizados – além de sessões específicas para cada posição (quarterbacks realizam passes pré-determinados, wide receivers correm rotas e recebem passes, etc). Aqui, vamos destacar alguns jogadores que chamaram a atenção e podem ter subido posições no Draft que começa em 23 de Abril – assim como alguns jogadores que receberam avaliações negativas devido a suas performances abaixo das espectativas.

Performances positivas do Combine

Começamos com Chase Claypool, wide receiver de Notre Dame, provavelmente a maior surpresa do Combine. Com 1,95m de altura e 108kg, alguns scouts queriam observar Claypool na posição de tight end. Muitos ficaram assustados com seu tempo de 4,42 segundos no 40 yard dash, demonstrando sua velocidade extrema para um atleta com seu tamanho, além de mostrar agilidade e ótimos atributos atléticos em outros exercícios.

Para se ter noção, Claypool foi comparado com o “Megatron” Calvin Johnson, devido as semelhanças físicas e a sua performance no combine. Em uma classe extremamente profunda e qualificada de wide receivers, o recebedor de Notre Dame com certeza deve subir alguns rounds e ser selecionado em torno da 3ª ou 4ª rodada deste Draft.

Em uma classe fraca de tight ends, quem se destacou em Indianapolis foi Albert Okwuegbunam, de Missouri. Com um 40 yard dash de 4,49 segundos e ótimas perfomances atléticas num geral, Okwuegbunam provavelmente se colocou no topo dos rankings de sua posição. Sua altura (1,98m) e peso (117kg) o qualificam para ser um ótimo bloqueador também, o que chama ainda mais a atenção das equipes. Esperem que esse jovem de nome bem complicado seja o primeiro tight end draftado no final do mês que vem, provavelmente entre a 2ª e 3ª rodadas.

E que tal um offensive tackle com capacidades atléticas capazes de superar algumas marcas de grandes wide receivers da NFL? Foi o que Tristan Wirfs, de Iowa, fez na última semana. O prospecto de 145kg teve uma marca de 36’5 polegadas no salto vertical, superando estrelas como Deandre Hopkins e Amari Cooper, por exemplo. CeeDee Lamb e Jerry Jeudy, prospectos de WR da classe atual que devem ser escolhidos na primeira rodada, também foram superados por Wirfs.

O nível físico de Wirfs é bizarro, colocando todo seu tamanho em perspectiva. É esperado que ele seja uma escolha de top 10 no draft, mas com uma performance deste nível, ele pode acabar sendo selecionado no top 5, competindo com Mekhi Becton, de Louisville como melhor prospecto da posição.

Outros destaques positivos : Henry Ruggs III, wide receiver de Alabama – Isaiah Simmons, linebacker de Clemson – AJ Dillon, running back de Boston College – Jonathan Taylor, running back de Wisconsin – Jalen Hurts, quarterback, Oklahoma – Michael Turk, punter de Arizona State (realizou mais repetições no supino do que Rob Gronkowski e Jadeveon Clowney!)

As decepções do Combine:

Altamente cotado para ser selecionado na primeira rodada, AJ Epenesa, defensive end de Iowa, decepcionou em seus exercícios. Conhecido por seu jogo físico, técnica e por “passar por cima” dos jogadores de linha ofensiva, Epenesa esteve entre os piores de sua posição entre os quesitos atléticos. Apenas sua habilidade e técnica não serão suficientes para jogar no mais alto nível, é necessário que AJ evolua rapidamente seus atributos físicos se quiser ter sucesso na NFL atual. Ele deve cair para a 2ª rodada do draft, sendo selecionado por algum time que tenha paciência para lapidar melhor sua agilidade e velocidade.

Jalen Reagor, wide receiver de TCU, chegou com altas expectativas no Combine. Seu tape na universidade demonstrava um atleta explosivo, um verdadeiro “playmaker”. Nos exercícios, ele registrou um tempo alto no 40 yard dash (4,47 segundos) e decepcionou um pouco com sua agilidade também. Seu atleticismo foi comprovado por boas marcas no salto vertical e salto em distância parado, porém sua velocidade e agilidade no Combine devem fazer com que ele caia algumas posições em um Draft recheado de ótimos prospectos em sua posição. Em minhas estimativas, Reagor pode ser selecionado entre o final da 1ª rodada até a metade da 3ª rodada.

Imagine ouvir em uma entrevista de emprego que você tem uma “mentalidade de perdedor”. Devastador, não? Foi isso que Jared Pinkney, tight end de Vanderbilt, ouviu do New England Patriots. O próprio Pinkney revelou isso, contando alguns detalhes de sua entrevista de 15 minutos com a equipe. Em uma classe tão fraca de tight ends, ouvir isso de uma das equipes que mais necessitam de um jogador nesta posição parece ser extremamente desencorajador e deve levantar algumas “bandeiras vermelhas” sobre o comprometimento e a vontade de Pinkney para todas as outras equipes da liga. Se Jared acabar sendo selecionado por alguma equipe, isso deve vir a ocorrer no último dia de draft, nas últimas rodadas.

No final das contas, é apenas uma avaliação pré draft!

Todos os anos, jogadores ganham e perdem valor no processo que antecede o Draft. Alguns sobem muitas posições devido ao ótimo desempenho no combine e acabam decepcionando após serem selecionados, sendo futuramente classificados como busts. Outros, caem drasticamente para rodadas mais baixas, seja por questões físicas, atléticas ou de comprometimento e mentalidade, mas dão a volta por cima e surpreendem toda a liga, esses são chamados de steals.

O Scouting Combine torna o processo pré temporada mais interessante e intrigante, e é isso que o faz ser tão bacana de acompanhar. Agora esta nas mãos dos treinadores e olheiros de cada equipe selecionarem os melhores jogadores para o imediato e o futuro de seus times, a partir do dia 23 de Abril, em Las Vegas, quando se inicia o Draft 2020 da NFL!

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários