Análise dos elencos da AFC West antes do Draft 2020: Chiefs, Broncos, Raiders e Chargers

Ao longo dos próximos dias o Endzone Brasil traz uma série de posts especiais – analisando os elencos e as carências das 32 equipes da NFL antes do tão esperado Draft 2020 na próxima quinta-feira (23). Hoje é dia de falar da AFC West! Veja como está a situação de Kansas City Chiefs, Denver Broncos, Las Vegas Raiders e Los Angeles Chargers.

>>TUDO QUE PRECISA SABER DO DRAFT 2020

Número de escolhas no Draft 2020: 11
Três posições carentes para o Draft: Wide receiver, linha ofensiva e linebacker

Como era de se esperar, o ‘projeto Joe Flacco’ não funcionou no Colorado: foram seis derrotas e duas vitórias do QB veterano antes da contusão que o tirou do restante da temporada. Pelo menos os Broncos viram uma luz no fim do túnel quando Drew Lock entrou em campo: foram quatro vitórias e uma derrota com o garoto – lançando mais TDs e menos interceptações que Flacco em menos partidas.

Agora a ideia pelos lados de Mile High é montar um bom ataque ao redor de Lock. O time foi o quinto pior da liga em termos ofensivos – tanto em jardas como em pontos cedidos. Embora a equipe já tenha solucionado parte do problema ,contratando o RB Melvin Gordon, a posição de wide receiver segue um deserto além de Courtland Sutton. A tendência é de que os Broncos busquem, pelo menos, dois WRs no Draft.

Como muito se esperava na última intertemporada, a defesa melhorou sob o comando de Vic Fangio – foi a 10ª da liga em pontos cedidos em 2019. A tendência é de que a equipe foque em trazer jogadores com o perfil que o treinador precisa no Draft – especialmente na linha de linebackers.

Número de escolhas no Draft 2020: Cinco
Três posições carentes para o Draft: Cornerback, linebacker e running back

O que o Kansas City Chiefs fez em 2019 foi incrível – não a toa o time levantou o Vince Lombardi há alguns meses em Miami. Após uma temporada regular sólida, a equipe explodiu nos playoffs e foi buscar três viradas consecutivas para conquistar o sonhado Super Bowl 54.

Como acontece com quase todos os times campeões, os Chiefs viram alguns bons nomes deixarem o elenco para ganharem pequenas fortunas em outras equipes. Por mais que Patrick Mahomes seja de outro planeta, Kansas City vai precisar repor algumas peças para se manter no topo, afinal, o time passou de caçador para a caça como atual detentor do título.

Embora Bashaud Breeland tenha renovado por um ano, os Chiefs sofreram baixas na posição de cornerback e precisam trazer um bom nome para contribuir em um curto espaço de tempo. A franquia também precisa de um substituto para Reggie Ragland na linha de linebackers e um complemento para Damien Williams no backfield.

Número de escolhas no Draft 2020: Sete
Três posições carentes para o Draft: quarterback,

Uma nova era se inicia para os Chargers: após 13 anos de Philip Rivers, o time terá outro quarterback titular no começo de 2020. Eis a grande questão: quem será ele? Após não conseguir trazer Tom Brady, a franquia, curiosamente, não investiu em nenhum outro QB veterano do mercado – como Cam Newton ou Jameis Winston.

Como dificilmente LA vai construi seu futuro com Tyrod Taylor no comando, é MUITO provável que os Chargers vão buscar o seu QB do futuro na primeira rodada do próximo Draft. Como Joe Burrow deve ser a escolha dos Bengals na primeira posição, a franquia deve estar entre Justin Herbert de Oregon e Tua Tagovailoa de Alabama.

Pelo que fez durante a carreira no College, Tua é MUITO mais jogador no geral – especialmente nos requisitos necessários para um jovem QB na transição para a NFL. O que vem assustando os times é o histórico elevado de lesões do jogador. Como o Miami Dolphis também precisa de um quarterback e escolhe entes, na 5ª, pode ser que os Chargers precisem arquitetar uma troca com Lions (3º) ou Giants (4º) para não depender da sorte e buscar o seu nome favorito entre os dois.

Número de escolhas no Draft 2020: Sete
Três posições carentes para o Draft: Wide receiver, pass-rusher e secundária

O torcedor dos Raiders até chegou a sonhar com playoffs após o início 6-4, mas quatro derrotas seguidas acabaram com as chances da equipe. Olhando friamente os números, a franquia foi a nona pior da NFL tanto no ataque como na defesa, portanto, é óbvio que Jon Gruden precisa mudar muita coisa para competir em sua divisão em 2020.

A expectativa é de um time diferente em vários sentidos – especialmente após a mudança para Las Vegas. Os Raiders trataram de buscar Marcus Mariota para competir pelo posto de titular com Derek Carr na intertemporada. Darren Waller se mostrou um bom tight end e Josh Jacobs foi o primeiro calouro da história a passar das mil jardas. O que falta neste ataque? Wide receivers.

Mesmo com a chegada de Nelson Agholor, que possui sérios problemas agarrando passes, o time precisa demais de uma opção de lançamento além de Tyrell Williams. Com duas escolhas entre as primeiras 19, certamente o time vai atrás de um bom WR para alavancar o ataque.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários