Análise dos elencos da NFC North antes do Draft 2020: Bears, Packers, Lions e Vikings

Ao longo dos próximos dias o Endzone Brasil traz uma série de posts especiais – analisando os elencos e as carências das 32 equipes da NFL antes do tão esperado Draft 2020 na próxima quinta-feira (23). Hoje é dia de falar da NFC North! Veja como está a situação de Chicago Bears, Detroit Lions, Green Bay Packers e Minnesota Vikings.

>>TUDO QUE PRECISA SABER DO DRAFT 2020

Análise do Chicago Bears Draft 2020

Número de escolhas no Draft 2020: Sete
Três posições carentes para o Draft: linha ofensiva, cornerback e safety

Depois de um 2018 bem promissor de 12-4, o Chicago Bears voltou à mediocridade na última temporada com um decepcionante 8-8 – apenas o 3º na NFC North. Como isso aconteceu? A feroz defesa caiu um pouco de produção, mas ainda deu conta do recado – a 4ª melhor em 2019. Já o ataque de Matt Nagy despencou de produção – de 9º para 29º. Portanto, é bem óbvio qual setor os Bears devem reforçar nesta offseason.

A principal mudança pode ocorrer na posição de quarterback: Nick Foles chegou dos Jaguars e deve assumir a titularidade do fraco Mitch Trubisky ao longo dos próximos meses. Agora, nem tudo foi culpa de Trubisky em 2019: Chicago foi de 7º a 21º protegendo o seu quaterback. Independente de qual dos dois assumir o posto, ele precisa ser protegido minimamente.

Embora Germain Ifedi tenha sido contratado, os Bears precisam de bastante ajuda na linha ofensiva – e esse deve ser o principal foco da equipe no evento em Las Vegas. Certamente uma das duas escolhas da franquia dentro das 160 primeiras (43 e 50) deve ser no setor. O time também deve aproveitar a forte classe de wide receivers para dar mais uma boa arma para Foles lançar.

Análise do Detroit Lions Draft 2020

Número de escolhas no Draft 2020: Nove
Três posições carentes para o Draft: pass-rusher, cornerback e linha ofensiva

Depois de um 6-10 em seu primeiro ano no comando, Matt Patricia viu seu time vencer apenas três dos 16 jogos em 2019. Mesmo com a queda de rendimento, a direção resolveu manter o projeto ‘Patriots 2.0’ por mais uma temporada – trazendo mais alguns atletas ex-New England para o elenco.

Certamente a secundária deve ser um setor bem reforçado no evento em Las Vegas: o time foi o pior defendendo o passe em 2019 e ainda viu seu melhor nome, Darius Slay, sair para o Philadelphia Eagles. Mesmo com a chegada de Desmond Trufant, não se surpreenda com o time buscando Jeff Okudah, melhor CB do Draft, com a 3ª escolha geral.

O pass-rush também precisa de muita ajuda – apenas um time computou menos sacks que os Lions na temporada passada. Caso os Redskins não busquem Chase Young na 2ª escolha geral, Detroit não pode, de jeito nenhum, deixar ele passar.

Número de escolhas no Draft 2020: Dez
Três posições carentes para o Draft: Tight end, wide receiver e linebacker

Análise do Green Bay Packers Draft 2020

Apesar da derrota para os Niners no Divisional Round, ficou bem claro que as mudanças feitas pelos Packers na última intertemporada deram resultado: o ataque melhorou sob o comando do jovem Matt LaFleur e a defesa respondeu ao grande investimento feito – especialmente no pass-rush.

Com todo o dinheiro gasto em 2019, os Packers não tiveram muita ‘bala na agulha’ para reforçar o time no mercado nesta intertemporada. Portanto, certamente os principais buracos do elenco devem ser cobertos no Draft do fim do mês.

O brilhante Aaron Rodgers segue esperando pacientemente a contratação de alvos melhores – a falta de bons recebedores foi vital no revés nos playoffs. Certamente os reforços devem surgir neste Draft – especialmente pela excelente classe de wide receivers. Há um buraco gigantesco na posição de tight end e o time pode preencher com o jovem Cole Kmet.

Análise do Minnesota Vikings Draft 2020

Número de escolhas no Draft 2020: 12
Três posições carentes para o Draft: cornerback, wide receiver e pass-rusher

Após um 2018 bem mediano, Kirk Cousins melhorou no seu segundo ano em Minneapolis e conseguiu levar o Minneota Vikings de volta aos playoffs. Embora o time tenha ficado no top 8 tanto no ataque como na defesa, a equipe levou um vareio do San Francisco 49ers na primeira rodada dos playoffs.

Se quiser voltar a bater de frente com os melhores times da liga, será preciso reforçar algumas saídas importantes na última intertemporada. Com muito pouco espaço na folha salarial, os Vikes viram muitos jogadores talentosos irem embora.

Os três melhores cornerbacks da equipe se foram: Xavier, Trae Waynes e Mackensie Alexander. Certamente uma das duas escolhas de primeira rodada do Draft (22 e 25) devem ser utilizadas na posição. O WR Stefon Diggs e o DE Everson Griffen se foram e precisam, obrigatoriamente, de substitutos de qualidade.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários