Análise dos elencos da NFC West antes do Draft 2020: 49ers, Seahawks, Rams e Cardinals

Ao longo dos próximos dias o Endzone Brasil traz uma série de posts especiais – analisando os elencos e as carências das 32 equipes da NFL antes do tão esperado Draft 2020 na próxima quinta-feira (23). Hoje é dia de falar da NFC West! Veja como está a situação de San Francisco 49ers, Seattle Seahawks, Arizona Cardinals e Los Angeles Rams.

>>TUDO QUE PRECISA SABER DO DRAFT 2020

Número de escolhas no Draft 2020: Seis
Três posições carentes para o Draft: pass-rush, linha ofensiva e running back

O Arizona Cardinals estava certo, Kyler Murray é uma opção melhor que Josh Rosen, pelo menos agora. Em apenas um ano, Murray mostrou suas virtudes e eliminou a dúvida que pairava sobre a decisão dos Cardinals. Apesar do recorde fraco de 5-10-1, a temporada 2019 foi positiva. Kliff Kingsbury iniciou seu trabalho e começou a construir o elenco que poderá devolver o protagonismo a franquia.

Em um movimento surpreendente, Arizona adquiriu DeAndre Hopnkins, um dos melhores recebedores da liga na atualidade, e terá um companheiro de peso ao lado de Larry Fitzgerald. A chegada do novo astro da equipe custou uma escolha de segunda rodada, então é possível que os Cardinals usem o “trade down” para recuperar capital neste Draft.

Com o ataque já reforçado, Arizona deve usar o evento para melhorar sua defesa. Mesmo que caia na tabela, os Cardinals ainda terão a chance de buscar um bom prospecto para seu front seven, já que seu pass-rush é um setor que precisa evoluir. Faz tempo que a linha ofensiva da equipe não passa segurança, então a franquia também deve procurar um jogador para unidade que protegerá Kyler Murray em 2020.

Número de escolhas no Draft 2020: Sete
Três posições carentes para o Draft: linebacker, linha ofensiva e running back

O Los Angeles Rams é mais um time que fracassou em 2019. A sinergia entre Sean McVay e Jared Goff caiu, Todd Gurley não ficou saudável e até mesmo Aaron Donald deixou a desejar. A equipe que foi ao Super Bowl LIII caiu bruscamente de rendimento e terminou a temporada passada na 3ª colocação da NFC Oeste, com 9-7 e sem vaga nos playoffs.

No meio do ano passado, os Rams surpreenderam ao adquirir Jalen Ramsey via troca com os Jaguars. A esperança é que, em 2020, o jogador recupere o seu melhor nível, já que a movimentação custou boas escolhas de Los Angeles, entre elas a da primeira rodada do próximo Draft.

Quando for ao relógio já na segunda parte do evento, os Rams devem buscar reconstruir seu corpo de linebackers, que perdeu Cory Littleton e Dante Fowler Jr. na offseason. Ponto forte no ano em que foi ao Super Bowl, a linha ofensiva caiu de rendimento em 2019, então um offensive guard deve estar nos planos de Los Angeles. Os running backs não estão em alta neste Draft, mas a franquia também pode endereçar uma de suas escolhas para buscar um substituto para Todd Gurley, agora em Atlanta.

Número de escolhas no Draft 2020: Sete
Três posições carentes para o Draft: wide receiver, cornerback e linha ofensiva

A temporada acabou com o gosto amargo da derrota no Super Bowl LIV, mas o torcedor do San Francisco 49ers está em lua de mel com o time. Depois de alguns anos de reconstrução, o trabalho de Kyle Shanahan colocou a equipe nos eixos. Em 2019, os Niners foram um dos melhores da NFL dos dois lados da bola e a expectativa é que esse cenário se mantenha para os próximos anos.

Jimmy Garoppolo não é o quarterback mais talentoso da liga, mas é eficiente e sabe controlar bem o jogo. É claro que o fato de contar com George Kittle o ajuda muito. Porém, mesmo tendo o melhor tight end da NFL, os 49ers devem e – precisam – melhorar seu corpo de recebedores neste Draft. Em 2019, o ataque da equipe encontrou problemas quando Kittle ficou sobrecarregado, algo que precisa ser evitado.

Embora Richard Sherman tenha voltado a ser um dos melhores de sua posição na liga, a secundária sofreu na mão de Patrick Mahomes nos momentos decisivos. Portanto, os 49ers não devem perder a chance de selecionar um bom cornerback, quando forem ao relógio. É verdade que a linha ofensiva de San Francisco foi a grata surpresa da equipe em 2019, mas o setor ainda pode ser melhorado e também deve receber atenção neste Draft.

Número de escolhas no Draft 2020: Sete
Três posições carentes para o Draft: pass-rush, linha ofensiva e secundária

Russell Wilson carregou os Seahawks nas costas mais uma vez em 2019. Favorito ao prêmio de MVP durante grande parte da temporada, Wilson se afirmou entre os melhores da NFL e liderou o time aos playoffs. Porém, a desintegração do jogo terrestre da equipe e alguns erros cruciais condenaram Seattle a uma derrota para o Green Bay Packers no Divisional Round.

A grande dúvida de Seattle nesta offseason é se Jadeveon Clowney seguirá para 2020. 1ª escolha geral do Draft de 2013, o DE roubou o protagonismo de Bobby Wagner e foi o principal nome defensivo da equipe. Diante desta dúvida, os Seahawks devem buscar algum jogador de Edge para incorporar o seu pass-rush.

Seattle usou a offseason para tentar consertar sua problemática linha ofensiva. Até aqui, nove jogadores foram contratados para reforçar a unidade, que ainda devem receber algum jovem vindo do Draft. A secundária também foi muito exposta em 2019, então cornerbacks e safeties também devem estar na mira de John Schneider para o final desta semana.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários