59 jogadores da NFL testaram positivo para COVID-19, segundo NFLPA

59 jogadores da liga testaram positivo para a COVID-19 (Divulgação/NFL)

Conforme a temporada 2020 vai se aproximando, as dúvidas em relação aos próximos passos da NFL em meio a pandemia só aumentam. De acordo com uma publicação da Associação de Jogadores da NFL, a NFLPA, na última terça-feira (22), 59 jogadores testaram positivo para COVID-19 em algum momento desde que o surto da doença começou.

A associação inicialmente publicou que 95 jogadores haviam testado positivo, mas logo corrigiu o erro, pois se tratava do número geral dentro da NFL – incluindo também membros das comissões técnicas.

Veja também:

This image has an empty alt attribute; its file name is OS_BRAZIL_300x300_2020_Q3_NFL.jpg

Apenas oito equipes tiveram o plano de emergência aprovado

Embora a NFL tenha entrado em acordo com os jogadores na última segunda (20) sobre a implementação de um protocolo para evitar a propagação da COVID-19, ainda há muito para ser resolvido antes da abertura total dos training camps – programada para o dia 28 de julho.

Segundo o acordo, todos os times devem apresentar um plano emergencial de combate a doença (IDER) para a NFLPA aprovar antes dos trabalhos começarem. Segundo a publicação desta terça (21), apenas oito dos 32 planos foram aprovados e outros 24 estão em revisão.

Como funciona o protocolo de testagem

Segundo o acordo entre a NFL e os jogadores, a liga irá adotar um protocolo de exames diários, a princípio, durante as primeiras duas semanas de training camp.

Se ao fim deste período a taxa de contaminação for abaixo de 5%, a testagem passará a ser realizada em um intervalo maior. Caso contrário, a política de exames seguirá diária até atingir o resultados desejado. Para ingressarem nos centro de treinamento, atletas e funcionários devem apresentar dois testes negativos nos dias anteriores.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários