Patrocinadores pressionam e Washington Redskins analisa troca de nome

Franquia do Washington Redskins segue se preparando para volta da NFL – Foto: Reprodução/Site oficial

O Washington Redskins, na última sexta (3), fez uma carta aberta no seu site e rede social para avisar seus torcedores e a mídia americana que vão analisar a possibilidade de troca de nome, da franquia, pela demasiada pressão de seus patrocinadores, que correlacionam suas marcas com a NFL.

A comunicação do clube iniciou o relato com a frase “Em razão dos eventos recentes em nosso país e o retorno de nossa comunidade, o Washington Redskins anuncia que o time vai passar por um processo de revisão do nome da equipe”.

Isso, se deve pelos protestos desencadeados pela morte George Floyd, em decorrência da ação de um policial branco contra um negro, em Minneapolis, que debruçou seu joelho sobre o pescoço do ex-segurança que veio a morrer durante a abordagem truculenta, no dia 25 de maio.

Marcas como Pepsico, Nike e FedEx, que dá nome ao estádio e tem um contrato de 205 milhões de dólares válido até 2025, propuseram uma mudança de nome ao Washington Redskins, pois, é uma forma pejorativa e racista, que chama os índios.

LEIA MAIS: História do Washington Redskins

De acordo com o dono da franquia, Daniel Snyder, tais processos ajudam na evolução da sociedade “pois inclui nossos seguidores, patrocinadores, a NFL e a comunidade tem orgulho de representar dentro e fora de campo.”

MEMÓRIA

Lembrando que o time foi enunciado com esse nome em 1933, após deixar Boston, onde era Braves, e se instalar em D.C. Além disso, o mesmo Snyder falou em 2013 que não mudaria o nome da equipe, mas, agora, com os movimentos antirracistas junto aos coletivos indígenas isso pode mudar.

Outro ponto relevante para a discussão, é que o time está com o head coach’, Ron Rivera, latino, e que é impactado indiretamente pelo pré-conceito estrutural dos Redskins, desde sua fundação na capital americana.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários