Postura de Dan Snyder incomoda sócios minoritários, que podem deixar Washington Redskins

O Washington Redskins deve ter um novo nome em breve
O Washington Redskins deve ter um novo nome em breve

Três proprietários minoritários do Washginton Redskins pretendem vender suas partes da organização. De acordo com o Washington Post, o motivo seria o descontentamento destes “donos” com posicionamentos recentes de Daniel Snyder, sócio majoritário. A decisão acontece em meio à franquia decidir alterar o nome “Redskins”, que há tempos vinha sofrendo críticas por ser um termo racista.

Os empresários Robert Rothman, Dwight Schar e Frederick W. Smith, que somam aproximadamente 40% das ações dos Redskins. Smith, inclusive, é presidente e CEO da FedEx, que em 1999 desembolsou US$ 205 milhões para adquirir os naming-rights do estádio dos Redskins, hoje conhecido como FedEx Field.

De acordo com uma fonte, os três proprietários já teriam contratado um banco de investimento para buscar interessados em comprar suas parcelas, pois eles não teriam mais interesse em associar seus nomes ao de Snyder.

Uma fonte próxima a Snyder relatou a John Keim, da ESPN, que a notícia deve ter surpreendido o principal proprietário dos Redskins, já que ele tinha os três empresários como amigos pessoais.

Adeus aos ‘Redskins’ está próximo

Embora seja um assunto antigo, a mudança de nome dos Redskins ganhou mais força recentemente, após os protestos contra a morte de George Floyd eclodirem nos Estados Unidos.

Na última sexta-feira, o Washington Redskins emitiu um comunicado informando que o processo de alteração do nome da franquia já estava em andamento. No sábado, o head coach Ron Rivera afirmou ao The Post que, nas última semanas, já vinha trabalhando ao lado de Snyder em prol da mudança.

Apesar dos bastidores indicarem que a alteração deve ocorrer sem grandes problemas para a franquia de Washington, os três sócios minoritários não pretendem seguir ao lado de Snyder neste momento de turbulência.

Três vezes campeão do Super Bowl, o Washignton Redskins é a sétima franquia mais valiosa da NFL na atualidade: US$ 3,4 bilhões – informação divulgada pela Forbes em 2019. O Dallas Cowboys lidera a lista com o valor de US$ 5,5 bi.

ERRATA

Inicialmente, nós do Endzone Brasil afirmamos que o principal motivo da dissociação dos três proprietários minoritários seria a alteração do nome da franquia. Após um feedback de um dos nossos seguidores, ampliamos nossa pesquisa e identificamos que não é possível realizar tal afirmação.

A decisão de Robert Rothman, Dwight Schar e Frederick W. Smith, coincidentemente, ocorre após Dan Snyder optar pela mudança do nome “Redskins”, mas esta pode não ser a principal causa. De acordo com o Washington Post, o motivo mais forte seria o descontentamento dos três sócios com a postura recente de Snyder e, portanto, eles não teriam mais interesse em ter seus nomes associados ao do principal mandatário do Washington Redskins.

Desde já, o Endzone Brasil assume o erro inicial, se desculpa, agradece a compreensão e reafirma seu compromisso em informar sobre o mundo da NFL com toda credibilidade e clareza possível.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários