Prévia da temporada 2020 da NFL: Como será o ano do Cincinnati Bengals

Prévia NFL 2020: Cincinnati Bengals

Campanha em 2019: 2-14
Principal reforço para 2020: QB Joe Burrow
Principal ausência em 2020: CB Dre Kirkpatrick
Jogadores que assinaram o ‘opt out: OT Isaiah Prince e DL Josh Tupou

Começa a ‘era Joe Burrow’ no Cincinnati Bengals

Apesar da pior campanha da NFL em 2019, o Cincinnati Bengals não fez jus ao recorde de 2-14 e chegou a ser competitivo na segunda metade da temporada – no primeiro de trabalho do técnico Zac Taylor. Depois de nove anos de mediocridade com o QB Andy Dalton, a equipe finalmente dispensou o veterano e utilizou a 1ª escolha geral do Draft para trazer Joe Burrow – um dos melhores prospectos de quarterback da atualidade.

PERDEU ALGUMA PRÉVIA? VEJA O GUIA DA TEMPORADA 2020 COM TODAS AS ANÁLISES JÁ FEITAS

Com a joia de LSU no comando do ataque, o retorno do All-Pro AJ Green, a defesa reformulada e alguns bons nomes que chegaram do mercado, a promessa é de dias melhores no segundo ano do jovem Taylor no comando da franquia. Confira a prévia do Cincinnati Bengals para a temporada 2020 da NFL!

Veja também:

Burrow terá bastante ajuda no ataque

Joe Burrow é o principal reforço e a maior esperança do tordedor da equipe: o que ele fez em LSU em 2019 foi histórico. O calouro parece estar maduro para a NFL e já trabalhava com os técnicos dos Bengals no desenvolvimento do esquema antes mesmo de ser escolhido no Draft.

Ao contrário de outros quarterbacks selecionados no topo, Burrow não chega em um ataque caindo aos pedaços e precisando ser o ‘salvador da pátria’. A promessa é de um trio de recebedores completo para ajudar no desenvolvimento do garoto: o All-Pro AJ Green, o veloz Tyler Boyd e o calouro grandalhão Tee Higgins. O jovem QB também terá um backfield bastante consistente para tirar a pressão – formado pelos competentes Joe Mixon e Giovani Bernard.

Apesar dos bons nomes no geral, o grande ponto fraco deste ataque continua sendo a linha ofensiva. Mesmo melhorando do desastre de 2018, o grupo foi um dos piores no ano passado – tanto na abertura de espaços como em bloqueios. Apesar da base continuar a mesma, os Bengals terão o grande reforço do LT Johan Williams – escolha de 1ª rodada de 2019 que não atuou na temporada de calouro por conta de uma lesão no ombro.

>>Conheça a história do Cincinnati Bengals

Defesa reforçada na intertemporada

Embora a 25º defesa em jardas e pontos em 2019 tenha sido reformulada, dois nomes bem familiares continuam no comando da linha defensiva: Carlos Dunlap e Geno Atkins. O grande reforço do front seven foi DJ Reader – agora o nose tackle mais bem pago da NFL. O jovem grupo de linebackers ganhou os reforços do veterano Josh Bynes e do calouro Logan Wilson – máquina de tackles em Wyoming.

O setor que mais passou por mudanças foi a secundária: os CBs Dre Kirkpatrick e Darqueze Dennard foram embora e serão substituídos por uma dupla ex-Vikings: Trae Waynes e Mackensie Alexander. Vonn Bell também chega dos Saints para contribuir em um grupo de safeties que deve ter Shawn Williams e Jessie Bates III mais uma vez como titulares.

Como apostar no Cincinnati Bengals em 2020

Ganhar o Super Bowl: paga R$ 126 para 1 segundo o Oddsshark.

Ganhar a Conferência: paga R$ 67 para 1 segundo o Oddsshark.

Ganhar a divisão: paga R$ 19 para 1 segundo o Oddsshark.

VAI ATÉ ONDE?

A tendência é de vida nova para os Bengals sob a batuta de Joe Burrow. Entretanto, a ausência de treinamentos e pré-temporada devem prejudicar o primeiro ano do calouro. Se o ataque render próximo ao que se espera e a defesa melhorar um pouco, os Bengals podem vencer de cinco a seis jogos em 2020.

PREVISÃO: 4º DA AFC NORTH (5-11)

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários