Prévia da temporada 2020 da NFL: Como será o ano do Las Vegas Raiders

Campanha em 2019: 7-9
Principal reforço para 2020: LB Cory Littleton
Principal ausência em 2020: S Karl Joseph
Jogadores que assinaram o ‘opt out: nenhum

Derek Carr recupera consistência e Josh Jacobs impressiona, mas adeus a Oakland é amargo

No segundo ano sob o comando de Jon Gruden, o (ainda) Oakland Raiders seguiu mais uma etapa de sua reformulação. A aposta em Antonio Brown deu errado antes mesmo da temporada começar, mas o calouro Josh Jacobs assumiu o protagonismo e liderou o ataque da equipe. Derek Carr não recuperou o brilho de outros tempos, mas viveu seu ano de mais solidez desde a lesão que atrapalhou sua carreira. A principal preocupação da equipe segue na defesa, que ainda tenta se reestruturar após a saída de Khalil Mack.

PERDEU ALGUMA PRÉVIA? VEJA O GUIA DA TEMPORADA 2020 COM TODAS AS ANÁLISES JÁ FEITAS

A sensação que os Raiders deixaram em Oakland foi amarga, após uma derrota para os Jaguars na última partida no Coliseum. Contudo, a última temporada na California trouxe boas surpresas para um time em reconstrução. Em Las Vegas, a franquia terá um ano crucial para ver se o ousado projeto de Jon Gruden está no caminho certo.

Veja também:

Promessas, Jacobs e Ruggs III devem liderar ataque ‘gerenciado’ por Derek Carr

Daniel Jones será titular absoluto do ataque dos Giants em 2020 (Reprodução/Giants)

Marcus Mariota deixou os Titans e chegou aos Raiders, mas isso não é um recado para o atual titular em Las Vegas. Está certo que 21 touchdowns não é algo tão expressivo, mas Derek Carr voltou a ser consistente e teve a melhor temporada desde a fratura que sofreu em 2016. A expectativa é que ele consiga estabilizar este nível de desempenho e seja um “gerente” eficiente para a equipe.

Selecionado na 24ª posição geral do Draft de 2019, Josh Jacobs impressionou pelo seu nível de desempenho e pela maturidade de seu jogo. Em sua segunda temporada, o jovem running back está pronto para ser o protagonista em Las Vegas. Quem abrirá espaço para Jacobs também está em evolução. A linha ofensiva esteve na média da liga ano passado, mas deve melhorar ainda mais para a próxima temporada.

Se a promessa de uma melhor proteção ao passe se cumprir, Derek Carr terá mais tranquilidade para trabalhar com seus novos alvos. Henry Ruggs III foi a 12ª escolha geral do último Draft e chega como potencial para ser o principal wide receiver do time. Os veteranos Jason Witten (TE) e Nelson Agholor (WR) foram outras adições para fortalecer o jogo aéreo, que já conta com os recebedores Hunter Henfrow e Tyrel Williams, além do impressionante tight end Darren Waller. Depois de um ano como um dos piores corpo de recebedores da liga, o 2020 deve ser bem diferente para os Raiders.

>>Conheça a história do Cleveland Browns

Corpo de linebackers empolga, mas pass-rush e secundárias seguem sob desconfiança

Desde a saída de Khalil Mack, os Raiders tentam reestabelecer a força de seu pass-rush. Maurice Hurst e Maliek Collins devem formar uma boa dupla pelo interior da linha defensiva. No edge, Maxx Crosby e Clelin Ferrell entram no segundo ano de NFL e se espera mais deles para o próximo ano, principalmente de Ferrell. O defensor, selecionado na quarta posição geral do Draft de 2019, ainda não conseguiu mostrar seu impacto no apressamento do passe.

Se no ataque a principal evolução foi no corpo de wide receivers, na defesa foi o de linebackers que ganhou reforços fundamentais. Cory Littleton e Nick Kwiatkoski, chegaram de Rams e Bears, respectivamente, para dar uma nova cara a unidade. Littleton é aquele LB moderno, dinâmico e que trabalha muito bem em cobertura. Enquanto Kwiatkoski é mais eficiente na defesa contra o jogo terrestre e no auxílio ao pass-rush.

A secundária dos Raiders receberá muita atenção este ano, mas isso não quer dizer que ela seja eficiente. O motivo real é que Las Vegas usou a 22ª escolha geral do último Draft para apostar no cornerback Damon Arnette, cotado apenas para a terceira rodada do board. Além do calouro, a unidade tem talento e conta com nomes famosos, como Prince Amukamara e Lamarcus Joyner. Porém, a produção da secundária é uma incógnita que pode dificultar bastante as pretensões dos Raiders.

Como apostar no Las Vegas Raiders em 2020

Ganhar o Super Bowl: paga R$67 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Ganhar a Conferência: paga R$34 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Ganhar a divisão: paga R$13 para 1 segundo o Oddsshark.com.

VAI ATÉ ONDE?

Apesar de estar estreando na NFL, ou quase isso, o Las Vegas Raiders já terá um ano decisivo. Controverso ou ousado, como preferir, o projeto de Jon Gruden entra em sua fase de afirmação e será colocado à prova na próxima temporada. Não dá para negar que a reconstrução da franquia vem acontecendo de forma eficiente e que a equipe mostra evolução, mas será que já é a hora de alçar patamar maiores? Talvez ainda seja cedo. Na divisão dominada pelo atual campeão do Super Bowl, os Raiders brigarão “cabeça a cabeça” com o rival Denver Broncos por uma vaga no wild card da AFC.

PREVISÃO: 3º DA AFC WEST (8-8)

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários