Prévia da temporada 2020 da NFL: Como será o ano do Pittsburgh Steelers

Campanha em 2019: 8-8
Principal reforço para 2020: TE Eric Ebron
Principal ausência em 2020: NT Javon Hargrave
Jogadores que assinaram o ‘opt out: nenhum até o momento

Ben Roethlisberger retorna e tem missão de levar os Steelers novamente aos playoffs

Quando Ben Roethlisberger deixou o gramado com uma grave lesão na semana 2, muitos deram a temporada 2019 do Pittsburgh Steelers como encerrada. Embora o ataque realmente tenha deixado a desejar, com desempenhos horríveis de Mason Rudolph e Devlin “Duck” Hodges, a defesa segurou a bronca e carregou o time a uma campanha de 8-8 – a um joguinho de voltar aos playoffs.

PERDEU ALGUMA PRÉVIA? VEJA O GUIA DA TEMPORADA 2020 COM TODAS AS ANÁLISES JÁ FEITAS

Muito do renascimento defensivo deve-se à chegada de Minkah Fitzpatrick em uma troca com os Dophins: o jogador jogou um absurdo e elevou o grupo, que já era bom, de patamar. Com Big Ben de volta e a base da defesa mantida, será que a franquia consegue voltar à pós-temporada após dois anos de seca? Confira a prévia do Pittsburgh Steelers para a temporada 2020 da NFL!

Veja também:

Saudável, ataque dos Steelers é bastante perigoso

Reprodução / Site Oficial Steelers

Com Ben Roethlisberger, JuJu Smith-Schuster e James Conner perdendo múltiplos jogos em 2019, o desempenho ofensivo dos Steelers foi horrível – um dos piores times da liga em praticamente todas as estatísticas. Apesar de Big Ben não estar mais no auge de sua carreira, a presença dele é um upgrade gigante comparado as demais opções do elenco de Pittsburgh.

Como os adversários sabiam que os Steelers raramente lançariam a bola, colocavam vários jogadores defendendo a corrida e praticamente anulavam o ataque de Pittsburgh. Com a presença do vitorioso QB e dos seus principais alvos, a tendência é de algo completamente diferente em 2020.

Espere uma produção muito maior do dinâmico grupo de running backs, formado por Conner, Benny Snell Jr., Jaylen Samuels e o calouro Anthony McFarland Jr., e o jovem grupo de recebedores liderado por JuJu Smith-Schuster. A contratação de Eric Ebron dá a Big Ben um alvo confiável e experiente dentro da end zone – desde que consiga ficar saudável. Na linha ofensiva, Stefen Wisniewski chega para substituir o aposentado Ramon Foster – que defendeu a equipe por 11 anos.

>>Conheça a história do Pittsburgh Steelers

Defesa deve mais uma vez ter desempenho de top 5

Ao contrário do ataque, a defesa dos Steelers figurou no top 5 na maioria das estatísticas e foi o motivo do time chegar na semana 17 ainda com chances de playoffs. Nenhum time forçou mais turnovers que os Steelers em 2019 (38) – algo fundamental quando seu ataque entrega a bola 30 vezes ao oponente.

Grande parte do sucesso deve ser colocado na conta de uma linha defensiva excelente. A tendência é de mais um ótimo ano, pois quase todas as peças retornam: Cameron Heyward e Stephon Tuitt pressionando no meio e T.J. Watt e Bud Dupree atacando das pontas – a dupla combinou para 26 sacks e 12 fumbles forçados. O front seven é completado por um bom grupo de linebackers liderados pelo jovem Devin Bush – que correspondeu às expectativas no ano de calouro e deve evoluir ainda mais em 2020.

Agora, o jogador que transformou esse grupo da água para o vinho em 2019 foi Minkah Fitzpatrick: o jogador ex-Dolphins foi a peça que faltava para elevar todo o grupo de patamar – forçando turnovers cruciais e arrumando a secundária de Pittsburgh. A promessa é de mais um ano muito sólido ao lado de Terrell Edmunds e com Joe Haden e Steven Nelson nas pontas.

Como apostar no Pittsburgh Steelers em 2020

Ganhar o Super Bowl: paga R$ 23 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Ganhar a Conferência: paga R$ 12 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Ganhar a divisão: paga R$ 4,50 para 1 segundo o Oddsshark.com.

VAI ATÉ ONDE?

Se Ben Roethlisberger conseguir ficar saudável e retornar ao nível de 2018, o Pittsburgh Steelers não só briga por playoffs como também faz frente ao bicho-papão Baltimore Ravens dentro da AFC North. Caso o ataque mantenha uma média de pontos aceitável e a defesa retome de onde parou em 2019, o time é candidato ao título do Super Bowl 55.

PREVISÃO: 2º DA AFC NORTH (10-6)

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários