Packers batem os Vikings com atuação monstruosa de Aaron Rodgers

Rodgers lançou quatro touchdowns contra os Vikes (Reprodução/Packers)

Após ficar a um jogo do Super Bowl 54 no ano passado, o Green Bay Packers começou a temporada 2020 com uma vitória maiúscula na semana 1. Quem esperava um duelo de divisão equilibrado caiu do cavalo: os Packers foram superiores ao Minnesota Vikings do começo ao fim e venceram o rival por 43 a 34 no US Bank Stadium, em Minneapolis. O embate abriu os trabalhos da rodada de domingo (13) na NFL.

Muito do triunfo pode ser colocado na conta de Aaron Rodgers. O quarterback teve uma atuação primorosa e mostrou que vai dar trabalho em 2020: completou 32 de 44 passes, 364 jardas, quatro touchdowns e nenhuma interceptação. A conexão com Davante Adams foi mortal: foram incríveis 14 recepções do recebedor para 156 jardas e dois TDs. Green Bay dominou o rival com passes curtos e precisos de A-Rod – explorando a inexperiente secundária de Minnesota.

Do outro lado, nada funcionou como deveria. Dalvin Cook correu para dois touchdowns, mas teve apenas 50 jardas em 12 corridas. Após um primeiro tempo para esquecer, Kirk Cousins até encontrou um ritmo na segunda etapa, mas não soube arquitetar uma virada no segundo tempo. Já a defesa não foi tão dominante como em anos anteriores e mostrou bastante fragilidade na secundária.

Veja também:

Rodgers brilha e Packers abrem vantagem na 1ª etapa

Os Packers começaram com tudo e dominaram a primeira etapa no US Bank Stadium: foram 23 minutos de posse de bola contra apenas sete dos donos da casa. Green Bay dominou a defesa de Minnesota com um ataque rápido e preciso comandado por Aaron Rodgers: foram 28 passes do QB apenas na primeira metade de partida – nove deles para Davante Adams.

Os Packers largaram na frente com um Field Goal do interminável Mason Crosby, mas logo os Vikings responderam com um touchdown terrestre de Dalvin Cook. Esta foi praticamente a única grande aparição ofensiva dos Vikes no primeiro tempo: o time sofria com o pass-rush de Green Bay e não conseguia brecar Rodgers e sua trupe.

Foram 19 pontos seguidos de Green Bay antes do intervalo: um safety forçado por Za’Darius Smith, outro field goal de Crosby e touchdowns de Aaron Rodgers para Adams e Marquez Valdes-Scantling – o segundo capitalizando uma interceptação de Kirk Cousins. Minnesota ainda conseguiu um field goal nos minutos finais com Dan Bailey, mas foi para os vestiários perdendo por 22 a 10 em Minneapolis.


Confira aqui todos os resultados na Semana 1


Green Bay amplia e vence sem grandes sustos

A segunda etapa começou no mesmo ritmo da primeira: Rodgers aumentou ainda mais a vantagem com o segundo touchdown da tarde para Davante Adams. Apagado até então, Kirk Cousins respondeu logo em seguida com uma campanha rápida finalizada com um touchdown para Adam Thielen. 29 a 17 Packers.

Minnesota até conseguiu manter o seu ataque em campo um pouco mais, mas não o suficiente para ameaçar o domínio dos Packers. Dalvin Cook descontou com mais um terrestre no último quarto, mas Green Bay não deu qualquer chance de reação com mais dois TDs: passe de A-Rod para Eden Lazard e outro terrestre com Adam Jones. Cousins ainda esboçou uma última cartada com mais um touchdown para Thielen, mas ficou nisso. Vitória mais do que dominante dos Packers no duelo de divisão da NFC North!

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (20) às 14h: os Packers recebem os Lions no Lambeau Field e os Vikes visitam os Colts no Lucas Oil Stadium.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários