Prévia da temporada 2020 da NFL: Como será o ano do Buffalo Bills

Campanha em 2019: 10-6 (eliminados pelos Texans no Wild Card)
Principal reforço para 2020: WR Stefon Diggs
Principal ausência em 2020: EDGE Shaq Lawson
Jogadores que assinaram o ‘opt out: DT Star Lotulelei, CB E.J. Gaines

Os Bills esperam finalmente tomar controle da divisão

Buffalo viveu em 2020 uma offseason recheada de otimismo, motivada pela ida aos playoffs no ano passado e a constante evolução que os Bills vem apresentando nos anos recentes, com fortes atuações defensivas, enquanto adicionam continuamente novas peças ao ataque. O resultado é uma das equipes mais fortes e bem balanceadas da NFL e o potencial para vencer a AFC Leste pela primeira vez desde 1995.

PERDEU ALGUMA PRÉVIA? VEJA O GUIA DA TEMPORADA 2020 COM TODAS AS ANÁLISES JÁ FEITAS

Depois de renovar a linha ofensiva e os grupos de posição de habilidade nas últimas duas temporadas, a temporada 2020 da NFL do Bills terá como foco o quarterback Josh Allen, em busca do próximo passo em seu desenvolvimento. E se você combinar esse potencial desempenho ofensivo neste ano com uma defesa que tem três anos consecutivos entre as 10 melhores da liga, os Bills sem dúvidas têm as peças necessárias para competirem no topo da AFC. Confira o que esperar do Buffalo Bills na temporada 2020 da NFL!

Veja também:

Será Josh Allen capaz de finalmente encontrar consistência em seu jogo?

Josh Allen já provou seu talento, o que lhe falta agora é maturidade e consistência (Foto: Reprodução/Bill Weipert/Bills.com)

Os Bills fizeram um ótimo construindo o ataque em torno de seu quarterback selecionado no Draft de 2018, e em 2020, ele está em uma ótima posição para ter a melhor temporada de sua jovem carreira.

O produto do Wyoming já se provou um jogador difícil de ser anulado, já que suas 1.141 jardas corridas ficaram em segundo lugar, atrás apenas de Lamar Jackson entre quarterbacks nas últimas duas temporadas, enquanto ele é o número um entre QBs com 17 touchdowns terrestres.

Como um passador, há espaço para preocupação e otimismo ao entrar na temporada. Ele ainda erra muitos passes, principalmente em rotas longas, as vezes medindo erroneamente o risco do lance ou exagerando na força do lançamento. Ainda assim, seu braço naturalmente habilidoso lhe compensa também em algumas situações complicadas e apertadas em rotas intermediárias. O ideal para o QB dos Bills é encontrar um balanço e uma consistência em seu jogo, algo que deve vir junto com um amadurecimento natural.

Armas não faltarão para Allen no ataque. Cole Beasley é um monstro produzindo no slot, John Brown teve uma temporada melhor que super astro Odell Beckham Jr. em 19′ e agora, um número um de verdade, Stefon Diggs, chegou dos Vikings. Devin Singletary e o novato Zack Moss devem dividir as carregadas no backfield e levarem problemas às defesas adversárias, tendo em visto que ambos tem como principal característica a agilidade em curto espaço e força para quebrar tackles.

A linha ofensiva segue em evolução, sem nenhum grande nome, mas com experiência e química suficientes para seguirem se desenvolvendo e melhorando suas performances. Uma OL consistente é fundamental para o funcionamento de qualquer ataque, e os Bills parecem ter exatamente isso.

>>Conheça a história do Buffalo Bills

Um grupo defensivo sólido e uma das melhores secundárias da NFL

Tre’ White é o grande líder técnico da ótima defesa dos Bills (Foto: Reprodução/Sarah Schmidle/Bills.com)

Na teoria, em 2019, os Bills brigaram entre as melhores defesas da liga, batendo de frente com o poderoso grupo dos seus rivais de divisão, os Patriots. A expectativa para este ano é que, com adições essenciais e manutenção das principais chaves do grupo, a defesa de Buffalo figure novamente entre as melhores da NFL.

Não há muitos pontos fracos para os oponentes explorarem na defesa do treinador Sean McDermott. Seus linebackers são vulneráveis ​​em situações de cobertura, o que coloca os Bills no mesmo buraco que quase todos os outros times da liga, exceto para alguns poucos sortudos.

A secundária, liderada pelo excelente Tre’davious White (que terá Josh Norman tentando recuperar seu auge do outro lado do campo), exibe uma bela combinação de cornerbacks e safeties que podem estar entre o nível de topo da NFL; um grupo que segue evoluindo sua familiaridade com um esquema defensivo sólido.

No front-seven, um grupo estável de pass rushers deve se beneficiar com a ascensão do defensive tackle Ed Oliver, um tremendo talento selecionado pelos Bills no draft de 2019. Somados ao grande talento de Oliver, os experientes Jerry Hughes e Mario Addison devem incomodar muito os QBs adversários, sem contar com o forte novato A.J. Epenesa, que deve ser utilizado em situações rotacionais e específicas durante seu primeiro ano.

Os Bills caminham corretamente em direção ao protagonismo

Grupo de recebedores dos Bills promete ser um dos mais eficientes da liga em 2020 (Foto: Divulgação Twitter/Buffalo Bills)

Se há um torcedor na NFL que sabe bem o que é sofrer, esse é o torcedor do Buffalo Bills. A equipe que conta com uma torcida fanática parece, finalmente, estar no caminho certo. Problemas de administração dentro e fora de campo, além de um rival aparentemente imbatível, trouxeram poucos frutos positivos aos Bills nas últimas duas décadas.

Agora, mais do que nunca, os Bills parecem estar prontos para brigarem pelo topo da AFC Leste novamente. No ano passado, o título de divisão ficou por uma derrota em um confronto direto para os Patriots. Desta vez, New England parece estar se reconstruindo e longe de seu auge, sem seu eterno QB Tom Brady.

Talvez seja a hora de Buffalo, bem treinado, balanceado e administrado, tomar as rédeas da divisão e se tornar uma ameaça do mais alto nível para o resto da NFL.

Como apostar no Buffalo Bills em 2020

Ganhar o Super Bowl: paga R$ 23 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Ganhar a Conferência: paga R$ 11 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Ganhar a divisão: paga R$ 2,50 para 1 segundo o Oddsshark.com.

Vai até onde?

A trajetória dos Bills para o topo parece bem traçada, mas talvez as coisas não sejam tão fáceis quanto pareçam. Com uma das tabelas mais complicadas da NFL e, ainda tendo que superar os Patriots, com ou sem Tom Brady, Buffalo parece pronto para mais uma classificação aos playoffs, talvez ainda não como vencedores de sua divisão. O passo final do desenvolvimento de Josh Allen pode ser a grande chave para determinar a campanha dos Bills em 2020.

PREVISÃO: 2º NA AFC EAST (10-6)

Comentários