Teste pra cardíaco! Seahawks batem Patriots em jogo espetacular no SNF

Wilson lançou cinco touchdowns no Sunday Night Football (Reprodução/Seahawks)

Como de praxe, o duelo da noite deste domingo (20) era um dos mais aguardados da semana. E o jogo entre Seattle Seahawks (2-0) e New England Patriots (1-1) não decepcionou. Diversas viradas, ânimos exaltados, e um verdadeiro teste para cardíaco nos momentos finais. Os Patriots, assim como seus rivais no duelo, ficaram a uma jarda da vitória, no lance final da partida. Definitivamente um jogão completo para agradar qualquer fã do futebol americano. Cam Newton foi parado na beira da end zone, com o relógio expirando, dando o triunfo para Seattle por 35 a 30 no CenturyLink Field, em Seattle.

Pelos Seahawks, Russell Wilson foi absurdo novamente. Ele completou 21 de 28 passes, para 288 jardas, CINCO touchdowns e apenas uma interceptação (da qual ele não teve qualquer culpa), também adicionando 39 jardas terrestres. D.K. Metcalf também teve grande destaque, recebendo 4 passes para 92 jardas e um touchdown.

No lado dos Patriots, Cam Newton também foi muito bem, principalmente nos momentos derradeiros, embora tenha sofrido uma interceptação boba. Foram 30 passes completos de 44 tentados e 397 jardas para um TD e uma INT. Por terra ele conquistou mais 46 jardas e dois touchdowns. Julian Edelman, seu principal alvo, teve números extraordinários, levando sempre a melhor contra a defesa de Seattle. Um total de 179 jardas em 8 recepções para o camisa 11.

Veja também:

Jogão “lá e cá” e tudo igual no primeiro tempo

O jogo começou logo com uma “big play“. No início da primeira campanha dos Seahawks, Russell Wilson disparou um passe nas mãos do TE Greg Olsen, que “droppou” no colo de Devin McCourty. O defensor apenas agradeceu o presente e correu livre para a end zone. Pick-six e placar aberto em favor dos visitantes. Wilson, porém, não perdeu a calma após a falha de seu companheiro.

Com a posse novamente, ele marchou o campo com passes fortes e precisos até chegar na “terra prometida” – encontrando seu parceiro Tyler Lockett e empatando o jogo. Próximo drive, nova pontuação no jogo. Com muitas corridas e bom uso dos passes em média distância (incluindo um lance que causou a expulsão do defensor Quandre Diggs), Cam Newton invadiu a end zone adversária em uma corrida designada, colocando os Patriots na frente do placar novamente.

Mais uma vez, Seattle empataria. Uma conexão maravilhosa de 54 jardas entre Wilson e D.K. Metcalf, superando a forte marcação de Stephon Gilmore e o placar estava em 14 a 14. Com suas posses finais, ambos os times chutaram punts, e assim acabou o primeiro tempo no vazio CenturyLink field.

CONFIRA AQUI TODOS OS RESULTADOS DA SEMANA 2 DA NFL

Seahawks ameaçam pequeno “domínio”, mas Patriots reagem

New England começou o segundo tempo com a bola e caminhou pelo campo muito bem. Porém, numa 3rd & goal, Jamal Adams perseguiu e derrubou Cam Newton, evitando o TD e fazendo os Patriots se contentarem apenas com um field goal curto. Depois disso, a primeira posse de Seattle na etapa. Imprimindo um bom ritmo com o jogo corrido, a equipe foi ganhando campo, até o camisa 3 aprontar das suas novamente. Uma bomba para David Moore, que contou com um escorregão de seu marcador e anotou o touchdown da virada.

Com a chance de “dar o troco”, Newton pecou. Um passe mal feito caiu no colo do defensor adversário, interceptação. Russell Wilson, por sua vez, não peca. Ele encontrou Freddie Swain em um passe curto para anotar outro touchdown e deixar o placar em 28×17. Os Patriots assimilariam o golpe e dariam a resposta em um drive super rápido, abusando do no-huddle, de bons passes e do “power run”. Em uma chamada com sete jogadores de OL, dois TEs e um FB, Newton fingiu a corrida e apenas soltou um passe curto, dentro da end zone para o full back alemão Jakob Johnson anotar o TD. Na tentativa dos dois pontos, New England não teve sucesso.

Os Pats tiveram uma chance de virar o jogo, após uma boa parada defensiva, porém não conseguiram pontuar. Então Wilson voltou a campo maltratou novamente a defesa dos Patriots, com um passe fácil no colo de Chris Carson, sozinho na end zone. 35 a 23 no placar, tudo decidido? De jeito nenhum. Rapidamente, Newton e companhia atravessaram o campo e o QB anotou seu segundo TD terrestre do duelo.

Final de tirar o fôlego, “déja vu” do Super Bowl XLIX na última posse

Com a vantagem em apenas uma posse, Seattle teve a chance de matar a os Patriots em uma terceira descida curta. Porém, ao invés de correr com a bola, a equipe optou por um passe (assim como no SB XLIX), que acabou incompleto. Relógio parado e bola nas mãos dos Patriots para tentarem a virada. Uma campanha magistral de Newton, com recepções de Edelman e N’Keal Harry, que cresceu no drive final. Um passe ainda passou por entre as mãos de Edelman, na end zone, há poucos segundos do final. Então a última jogada ficou para o camisa 1. Uma corrida óbvia, uma briga nas trincheiras e um belo trabalho defensivo dos Seahawks para conter o camisa 1 na linha de uma jarda. Assim se encerrou o Sunday Night Football: Seahawks 35 x 30 Patriots!

PRÓXIMOS JOGOS

Ambas equipes voltam aos gramados no próximo domingo, 27 de setembro. O Seattle Seahawks receberá o Carolina Panthers no CenturyLink Field às 17h25 (de Brasília), enquanto os Patriots recebem o Las Vegas Raiders no Gillette Stadium às 14h.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários