Steelers batem Broncos em duelo apertado no Heinz Field

O novato Chase Claypool anotou o primeiro touchdown de sua carreira na partida (Foto: Reprodução Twitter/Pittsburgh Steelers)

O Pittsburgh Steelers (2-0), liderado por Ben Roethlisberger, levou a melhor sobre o Denver Broncos (0-2) na tarde deste domingo (20). O duelo foi realizado no Heinz Field, casa dos Steelers, e teve o placar de 26 a 21. A vitória foi o 117º triunfo da dupla Big Ben e Mike Tomlin, que agora são a terceira dupla de QB-treinador mais prolífica da historia, superando a gloriosa dupla de Dan Marino e Mike Shula. Drew Lock, QB titular dos Broncos, saiu cedo da partida com uma contusão no ombro.

Pittsburgh esteve a frente do placar durante todo o encontro, porém uma “arrancada final” dos Broncos, sob a tutela do QB reserva Jeff Driskel, colocou uma dose de emoção no final da partida. Driskel errou bastante no início de sua participação, mas compensou ao longo do jogo. Ele completou 18 de 34 passes para 256 jardas, 2 TDs e 1 INT.

“Big Ben”, do outro lado, teve um bom jogo para garantir a vitória dos Steelers. Ele acertou 29 de 41 passes para 311 jardas, 2 TDs e uma interceptação também. James Conner, recuperado de uma contusão no tornozelo, dominou o backfield do time da casa, com 106 jardas e 1 TD terrestre.

Veja também:

Steelers dominam primeiro tempo e capitalizam oportunidades

O duelo começou apertado, com ambas as defesas realizando um bom trabalho. Porém, após um fumble de Drew Lock, que se contundiu no lance e deixou a partida, Pittsburgh abriu o placar. Capitalizando no turnover, James Conner marcou o TD com uma corrida curta de 2 jardas. Os Broncos diminuiriam a vantagem no início do segundo quarto, através de um field goal de Brandon McManus.

Após uma sequência de punts, Big Ben precisou de um passe na campanha para ampliar a vantagem: um belo passe para o veloz novato Chase Claypool – que se livrou tranquilamente da marcação e anotou um TD de 84 jardas. Chris Boswell ainda anotou um field goal curto e levou os Steelers com uma vantagem de 17 a 3 para o intervalo.


Confira aqui todos os resultados na Semana 2


Broncos reagem, mas não conseguem virar a partida

Os Broncos voltaram mais focados no segundo tempo, decididos a equilibrarem o jogo. Logo de cara, uma interceptação em Roethlisberger gerou mais um field goal de McManus, diminuindo um pouco a desvantagem. Um turnover em downs de Pittsburgh cedeu a posse novamente para Denver, que marchou pelo campo finalizando o drive com uma bela recepção de Noah Fant. O próprio Fant recebeu mais um passe, na conversão de dois pontos bem sucedida e assim, num piscar de olhos, Denver perdia apenas por 17 a 14.

Então os Steelers decidiram acordar. Uma bela campanha liderada por Big Ben culminou em um TD de Diontae Johnson, seu alvo favorito na partida. Um fumble do punter Spencer Martin, dos Broncos, na end zone, resultou em um safety e mais dois pontos na conta de Pittsburgh, que seriam cruciais no placar final do duelo.

Próximo do final do jogo, Driskel tirou outro bom passe da cartola, para o corredor Melvin Gordon anotar o touchdown, deixando a desvantagem da equipe em apenas uma posse de bola. Porém, precisando uma conversão de quarta descida, Driskel foi vítima de uma blitz defensiva dos Steelers, sendo sackado. A jogada sacramentou o duelo, em favor do time da casa. Placar final, Pittsburgh 26 x 21 Denver.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (27): os Steelers recebem os Texans no Heinz Field às 14h e os Broncos encaram Tom Brady e os Buccaneers em Mile High às 17h25.

Comentários