Arizona Cardinals x Seattle Seahawks na semana 7: prévia, onde assistir e palpite

A folga acabou e domingo será a hora de Russell Wilson & cia voltarem à ação. Depois de uma bye week, o Seattle Seahawks viaja ao deserto para enfrentar um emergente Arizona Cardinals no State Farm Stadium, em duelo válido pela semana 7 da temporada regular 2020 da NFL. Anteriormente marcado para às 17h05 (de Brasília), o duelo do próximo domingo, 25 de outubro, foi transferido para o Sunday Night Football e começará às 21h20.

Único time invicto da NFC, o Seattle Seahawks não atuou na última rodada e segue com o retrospecto de 5-0, liderando a Divisão Oeste da Conferência. Enquanto isso, Arizona vem de uma vitória com autoridade sobre o Dallas Cowboys. Tudo bem que o adversário vive um calvário desde a lesão de Dak Prescott, mas os Cardinals tiveram uma grande atuação, principalmente de sua defesa, e conquistaram um importante triunfo por 38 a 10.

Veja também:

Estádio:  University of Phoenix Stadium
Data-hora:  25 de outubro de 2020 às 21h20 (de Brasília)
Onde assistir:  ESPN e NFL GamePass

Seahawks chegam descansados e com Wilson no topo; defesa pode decidir

Nem uma bye week tirou o posto de Russell Wilson como melhor quarterback da temporada. Liderando a NFL com 19 passes para touchdown, o camisa 3 terá pela frente uma incógnita. Até aqui, a defesa de Arizona faz um bom trabalho contra o jogo aéreo, mas a unidade não foi exigida por um QB de alto nível. A linha ofensiva segue sendo um problema, mas Wilson tem potencial para vencer as blitzes e queimar a secundária rival de forma fatal.

Chris Carson pode não figurar entre os principais running backs da liga neste ano, mas sua importância para o ataque de Seattle é inegável. Os Cardinals cederam 100 ou mais jardas em 4 das 6 partidas disputadas até aqui, mesmo enfrentando equipes limitadas no jogo terrestre. Diante deste cenário, acionar Carson pode ser um ótimo caminho para conquistar território e, claro, tirar a pressão de Russell Wilson. Se der certo, é só fechar o olho e escolher qual recebedor fará a big play. Eu aposto em D.K. Metcalf, e você?

Já é um senso comum que a defesa aérea de Seattle vem sendo uma mãe, são 239 tentativas de passe e 1852 jardas cedidas, piores marcas da NFL. Entretanto, esses números não são “destrutores” na prática. Seattle permitiu um rating de apenas 89,7 aos QBs adversários, o sétimo menor da liga. Além disso, os Seahawks também tem a terceira melhor marca de interceptações, são sete. Com 6 INTs, Kyler Murray é um dos jogadores com o maior número de passes roubados por defensores e pode sofrer novamente no SNF.

CONFIRA TODOS OS PALPITES PARA A SEMANA 6 DA NFL


Kyler Murray à lá “Shakespeare”, Hopkins monstruoso e festival de blitz

Ao melhor estilo “Ser ou não ser, eis a questão”, Kyler Murray precisará resolver um dilema para encontrar a melhor estratégia de superar Seattle. O quarterback de Arizona não vem sendo tão efetivo nos passes, enquanto seu desempenho terrestre vem se destacando. Contudo, a defesa dos Seahawks vem performando justamente de forma inversa, permitindo muitos passes e parando o jogo terrestre – como fez com Cam Newton, por exemplo. Diante disso, Kyler Murray precisará arriscar para vencer este duelo, seja apostando no seu braço irregular, ou confiando que seu potencial terrestre pode prevalecer a qualquer custo.

Se Murray resolver lançar a bola, a dúvida estará acerca de sua precisão, já que o destino dela é dos mais confiáveis. DeAndre Hopkins lidera a NFL em recepções (47) e em jardas recebidas (601), provando que a troca por ele foi uma decisão “fácil” e correta. Hopkins vence qualquer matchup contra a defesa de Seattle, principalmente com o desfalque de Jamal Adams confirmado no rival. Arizona ainda tem outros bons recebedores, como Christian Kirk, Andy Isabella e a lenda Larry Fitzgerald. Alvos não faltam, mas será que Kyler Murray estará pronto para encontra-los?

Há tempos que o melhor jeito de parar Russell Wilson é não o deixar confortável em momento algum. Nada melhor para fazer isso do que um time que “massacrou” Andy Dalton na última semana. Tudo bem que o desafio é maior, afinal a mobilidade e a qualidade de Wilson nem se comparam, mas a vulnerabilidade da OL sim. Com as 22 blitz usadas na última semana, Arizona é o quarto time na NFL que mais pressiona o QB usando mais do que os jogadores de linha defensiva. O safety Budda Baker foi o grande destaque do duelo contra os Cowboys e pode ser efetivo de novo. Mas, é preciso tomar cuidado para não causar um efeito “cobertor curto” e deixar o fundo do campo a serviço de Russell Wilson.

COMO APOSTAR EM SEAHAWKS X CARDINALS SEGUNDO O ODDSSHARK:

Vencedor: (R$2,60) Arizona Cardinals x Seattle Seahawks (R$1,55)
Spread: (R$1,91) Arizona Cardinals +3 x Seattle Seahawks -3 (R$1,91)
Total de pontos: Mais de 55 pontos (R$1,91) e menos de 55 pontos (R$1,91)

This image has an empty alt attribute; its file name is previs%C3%A3o-oddsshark.jpg

Palpite para Cardinals x Seahawks:

Vindo de bye week, o Seattle Seahawks enfrenta o Arizona Cardinals no seu primeiro duelo dentro da NFC Oeste – será o segundo dos Cardinals (vitória sobre os 49ers na semana 1). Movido da parte da tarde para o Sunday Night Football, o duelo é decisivo, já que Seattle está invicto e pode disparar mais ainda na liderança da divisão se vencer, chegando a 6-0. Já para os Cardinals é a chance de impor a primeira derrota ao rival na temporada e encostar na tabela, ficando apenas 1 vitória atrás.

Em campo, é possível esperar mais um jogo complicado para a defesa de Seattle, mas também outra grande exibição de Russell Wilson. Os Cardinals terão o grande teste da temporada, principalmente para sua defesa e para Kyler Murray. Vitória dos Seahawks por menos de uma posse de bola.

Palpite: Arizona Cardinals 30 x 31 Seattle Seahawks

DICA DE APOSTA ODDS SHARK: VITÓRIA DO AZARÃO CARDINALS OU DERROTA POR ATÉ TRÊS PONTOS (SPREAD CARDINALS +3) PAGANDO R$1,91 A CADA REAL APOSTADO.

Comentários