Em dia de ‘Fitzmagic’, Dolphins atropelam os 49ers em San Francisco

Em meio ao adiamento de partidas da Semana 5 de 2020 da NFL, por conta da Covid-19, esse foi um dos grandes jogos da rodada! O Miami Dolphins visitou o Levi’s Stadium para enfrentar o San Francisco 49ers e não tomou conhecimento do último finalista do Super Bowl neste domingo (11): atropelo surpreendente por 43 a 17 na Califórnia.

O destaque da vitória dos Dolphins foi o desempenho da defesa – cedendo apenas 171 jardas ofensivas aéreas e interceptando Jimmy Garoppolo em duas oportunidades. O maior nome do ataque, mais uma vez, foi o QB Ryan Fitzpatrick lançando três TDs, em 350 jardas e nenhuma interceptação na vitória – no maior estilo ‘Fitzmagic’!

Do outro lado, o QB reserva, C.J. Beathard, foi o único a não lançar uma INT no jogo e contribuir para um TD dos mandantes com 94 jardas lançadas. Garoppolo, por sua vez, voltou de lesão e teve duas interceptações consecutivas e um rating de 15.7 até sua substituição no jogo no intervalo.

Veja também:

DOLPHINS AMASSAM GAROPPOLO E OS 49ERS

A primeira etapa do San Francisco 49ers para se esquecer dentro dos seus domínios. De cara, o Miami Dolphins fez 14 a 0 sem conhecimento contra um dos finalistas da última temporada – com um ótimo desempenho do QB Ryan Fitzpatrick e a defesa que parava qualquer investida dos mandantes.  

Por outro lado, o quarterback Jimmy Garoppolo, não conseguia se sobressair diante dos Dolphins – mesmo em casa e contra um time com três derrotas na liga até aqui. Resultado disso – Duas INT consecutivas em campanhas ofensivas que não terminaram em TD do adversário, mas somados os ataques aproveitados deram um touchdown e meio e consequentemente uma vantagem para o intervalo de 30 a 7 sem nenhuma perspectiva de reação.


Confira aqui todos os resultados na Semana 5


49ERS TROCAM, MAS DOLPHINS ASSEGURAM TRIUNFO  

Aconteceu. De novo. C. J. Beathard voltou do descanso como o QB titular para tirar a diferenças de 27 pontos contra um Dolphins dominante na primeira etapa. Na primeira campanha ofensiva, tudo parecia que seguiria ao estilo Garoppolo com pouca assertividade no ataque. Porém, as faltas cometidas pela defesa do Miami deixou a possibilidade de um TD acontecer e assim os 49ers conseguiram, enfim, furar o bloqueio do rival com o WR Kendrick Bourne. Mas ficou só nisso.

Já QB Ryan Fitzpatrick fez o mínimo para atingir mais um TD e o Miami Dolphins ainda complementou com mais um FG para aumentar a vantagem e assim terminar na frente com um sonoro 43 a 17. Isso representou mais que o dobro de pontos que o San Francisco 49ers vinha cedendo na liga até aqui que era uma média de quase 18 pontos. 

‘FitzMagic’ ainda conseguiu igualar uma marca que só o ícone Dan Marino (84/85/86 e 88), que lançou 350 jardas, anotou três touchdowns e não foi interceptado com a camisa dos Dolphins em um jogo de NFL. Enfim, em 10 posses de bola conseguiram pontuar em oito.

PRÓXIMOS JOGOS

Enquanto os Dolphins viajam para Denver para enfrentar os Broncos, às 17h05 (Brasília) no domingo (18), o San Francisco 49ers pegarão no ‘Sunday Night Football’, o time do LA Rams, às 21h20 (Brasília), no mesmo domingo e no Levi’s Stadium.

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários