Cowboys erram muito, Gibson brilha e Washington vence clássico no Thanksgiving

washington-cowboys-semana-12-thanksgiving
washington-cowboys-semana-12-thanksgiving

Sob os holofotes de todos os EUA, o Washington Football Team venceu o Dallas Cowboys por 41 a 16 no tradicional jogo do Dia de Ação de Graças (Thanksgiving). No AT&T Stadium, os visitantes dominaram todas as fases do jogo, mas conquistaram mesmo o placar elástico em erros capitais da equipe da casa. Com a vitória na partida válida pela semana 12, o Washington assume a liderança da NFC Leste e empurra o rival para a lanterna.

Em mais um jogo no seu retorno a NFL, Alex Smith saiu de campo com um desempenho seguro na bagagem. Embora tenha produzido pouco – 19/26, 149 jardas e 1 TD – e ainda tenha sido interceptado uma vez, o quarterback de Washington comandou muito bem o ataque e foi importante para a vitória. O destaque da partida mesmo foi Antonio Gibson, que anotou três touchdowns. Montez Sweat também apareceu bem com uma pick six.

Seria oportunismo bater em Andy Dalton, uma vez que as principais decisões equivocadas vieram de Mike McCarthy na sideline. Tudo bem que a interceptação foi uma falha individual, mas Dalton conseguiu bons passes durante o jogo, um deles uma pintura para um touchdown de Amari Cooper. O camisa 19 de Dallas, inclusive, foi bem também e terminou o duelo com 6 recepções, 112 jardas e 1 touchdown.

Como fica?

Com a vitória, o Washington Football Team assume a liderança da NFC Leste, com 4 vitórias e 7 derrotas na temporada. Dallas vai para 3-8 e aparece na lanterna da divisão. Líder antes do início da rodada, o Philadelphia Eagles encara o Seattle Seahawks no Monday Night Football. Também na briga, o New York Giants visita o Cincinnati Bengals, às 15h, neste domingo.

Veja também:

1º tempo é equilibrado, mas erro capital coloca Washington na frente

O duelo da NFC Leste começou em um ritmo baixo com um three and out de Washington. Dallas, porém, aproveitou sua primeira posse e abriu o placar com um field goal de Greg Zuerlein para 33 jardas. Washington, então, voltou a campo e aí sim conseguiu evoluir. Usando bem o jogo terrestre, Alex Smith comandou uma campanha de quase 7 minutos, até que Antonio Gibson invadiu a endzone pela direita e virou o jogo no AT&T Stadium.

Mas a alegria dos visitantes durou pouco, isso porque em pouco tempo os Cowboys retomaram a frente do placar. Logo no início do segundo quarto, Andy Dalton encobriu a marcação com um belíssimo passe e encontrou Amari Cooper, que entrou na endzone e colocou 10 a 7 no placar. Washington não sentiu o golpe e conseguiu novamente estabelecer o ataque em campo por um bom tempo. Contudo, a defesa de Dallas cresceu na redzone e forçou um field goal de Dustin Hopkins de 23 jardas, empatando o marcador em 10 a 10.

Na campanha seguinte, os donos da casa cometeram um erro crasso. Tentando evitar um three and out, Mike McCarthy arriscou uma 4ª descida, mas a decisão se deu em seu campo de defesa e a opção foi um lançamento longo. Resultado: passe incompleto de Dalton para Ceedee Lamb e turnover on downs. A arbitragem ainda assinalou uma falta contra os Cowboys, e Washington voltou ao ataque já na linha de 20 jardas. Após cinco jogadas, Alex Smith encontrou Logan Thomas e recolocou os visitantes em vantagem. Dallas ainda conseguiu diminuir o prejuízo com um FG de Zuerlein e o placar foi para o intervalo em 17 a 13.


Confira aqui todos os palpites para a semana 12


Dallas erra de novo, e Antonio Gibson decide o duelo

O segundo tempo começou com outra falha decisiva por parte de Dallas. Ezekiel Elliott tentou uma corrida pelo meio, mas Daron Payne forçou um fumble do running back e a posse mudou de lado novamente. Washington até caminhou bem no campo de ataque, mas novamente precisou acionar Hopkins para um field goal de 36 jardas.

Vencendo por 20 a 13, os visitantes tentaram encurralar os Cowboys para resolver a partida, mas, Dallas ganhou um gás novo quando Jaylon Smith interceptou um passe de Alex Smith. O jogador dos Cowboys ainda quase retornou até a endzone, mas foi parado na linha de 4 jardas. A reação de Washington foi fundamental, pois a defesa voltou a campo e conseguiu parar o ataque de Dallas, forçando um field goal de Zuerlein para 28 jardas.

No começo do quarto período, os Cowboys pagaram mais uma vez por uma decisão equivocada. Em uma 4ª para 10, a equipe de Mike McCarthy tentou um fake punt, mas Cedrick Wilson não foi a lugar algum e Washington recuperou a bola novamente. Antonio Gibson precisou de apenas uma jogada para arrancar 23 jardas até a endzone, colocando 27 a 16 no placar. A partir daí “virou passeio, amigo”, como diria a lenda Galvão Bueno.

Já na reta final do jogo, Gibson completou uma outra boa campanha de Washington e disparou 37 jardas para anotar seu terceiro touchdown na partida. E cabia mais. Andy Dalton tentou um passe mas foi interceptado por Montez Sweat, que retornou 15 jardas até a endzone e fechou o placar no AT&T Stadium: Washington 41, Dallas 16.

Próximos jogos

Na semana 14, o Dallas Cowboys retorna a campo no Thursday Night Football, quando enfrenta o Baltimore Ravens, às 22h20 (de Brasília), fora de casa. Washington, por sua vez, visita o Pittsburgh Steelers no próximo domingo, às 15h00 (de Brasília), no Heinz Field.

Comentários