Em jogo bizarro, Eagles batem os Cowboys e seguem na ponta da NFC East

Nada resume melhor a situação da NFC East do que o Sunday Night Football do último domingo (01) no Lincoln Financial Field: uma mistura de comédia e tragédia com dois times lutando para ser o ‘menos pior’. O Philadelphia Eagles jogou mal, mas o Dallas Cowboys conseguiu ser ainda pior. Muito graças a boas jogadas da defesa, os Eagles levaram a melhor, venceram o rival por 23 a 9 na Filadélfia e seguem líderes da bizarra NFC East com 3-4-1.

Uma estatística resume muito bem o que foi a partida em Philly: os Eagles foram o primeiro time desde 1982 com menos de 250 jardas totais, com, pelo menos, quatro turnovers e quatro sacks sofridos a vencer o jogo por, pelo menos, 14 pontos.

Embora valha sempre lembrar que Philadelphia é o time mais desfalcado da NFL por lesões, o que o time fez neste domingo foi bem abaixo do que vinha apresentando nas semanas anteriores. Carson Wentz teve outro jogo lamentável, com quatro turnovers, mas mais uma vez foi peça importante da vitória com dois bonitos touchdowns. A defesa foi a grande responsável pela vitória aparecendo em um momento que o ataque dos Eagles passava por apuros para ‘matar’ o jogo em casa.

Do outro lado, os Cowboys foram horrorosos como sempre – ainda mais com o calouro de 7ª rodada, Ben DiNucci, no comando do ataque: foram 21 de 40 passes completados para 180 jardas, nenhum TD ou interceptação. O time até tentou surpreender com várias trick-plays, mas as jogadas perdem o ‘elemento surpresa’ se feitas a todo momento. Talvez o único ponto positivo seja a melhora da defesa – que cedeu ‘apenas’ 23 pontos e 223 jardas totais.

Veja também:

Com show de erros dos dois lados, Cowboys largaram na frente no ‘turnover night football’

Se o duelo estava longe de ser bom tecnicamente, pelo menos estava divertido assistir dois times lutando contra os próprios erros e tentando ser ‘menos pior que o adversário.

O torcedor das Águias mais uma vez ficou decepcionado com a performance de Carson Wentz na primeira etapa: foram dois fumbles displicentes e uma interceptação bem indolente do camisa 11. Do outro lado, os Cowboys sofriam com um quarterback que, com todo respeito a Ben DiNucci, não pode ser titular na NFL: aflito no pocket e errando passes relativamente fáceis.

Dallas poderia ter largado com uma vantagem maior, mas capitalizou em apenas um dos turnovers – transformando em field goal. Dallas ainda converteu mais dois – ambos com Greg Zuerlein. Já os Eagles conseguiram transformar a única roubada de bola em touchdown – em passe de Wentz para o calouro Jalen Reagor dentro da end zone. Mesmo assim, as Águias foram para os vestiários perdendo por 9 a 7.


Confira aqui todos os resultados da semana 8


Wentz se redime e defesa garante vitória dos Eagles no Linc

A segunda etapa começou do mesmo jeito da primeira: com Carson Wentz cometendo o quarto turnover – mais uma interceptação. Dallas tentou capitalizar, mas Zuerlein errou o field goal longo de 51 jardas.

Após a série de erros, Carson Wentz parou de tentar bancar o herói, finalmente ‘fez o simples’ e logo chegou à end zone: passe de nove jardas para o touchdown do surpreendente Travis Fulgham. Eagles na frente: 15 a 09.

Dallas até tentou responder tirando a bola das mãos de DiNucci e focando no jogo terrestre, mas a defesa dos Eagles é uma das melhores da liga contra corridas. Aliás, foi o grupo que colocou um ponto final no duelo bizarro no último período: Edwards forçou um fumble do jovem QB e Ronald McLeod retornou até a end zone. Mesmo longe de jogar bem, Philly buscou uma vitória importante dentro da decadente NFC East.

Próximos Jogos

Enquanto os Eagles ficam de bye e folgam na semana 9, os Cowboys terão um duelo dificílimo pela frente: recebem o invicto Pittsburgh Steelers no próximo domingo (08), às 6h25, no Texas.

Comentários