Brady quebra a ‘maldição’ e Bucs serão a 1ª equipe a jogar o Super Bowl em casa

maldição super bowl 55 brady
Brady comemora a classificação ao primeiro Super Bowl em Tampa (reprodução/Bucs)

À princípio isso nunca tinha acontecido. Porém, em nenhuma dessas equipes havia Tom Brady comandando a franquia. Em 54 edições, nunca uma equipe que recebeu o evento em seu estádio conseguiu jogar a final ’em casa’. Isso até a tarde deste domingo (24). Com muita emoção, o Tampa Bay Buccaneers superou o Green Bay Packers de Aaron Rodgers e será a 1ª equipe da história a decidir o SB em seus domínios, no Raymond James Stadium, na Flórida.

Por conta disso, Tom Brady fincou ainda mais seu pé na história da NFL e levou junto a si o Tampa Bay Buccaneers. A ida para o Super Bowl contra os Chiefs, no próximo dia 7 de fevereiro, botou no currículo do novo camisa 12 dos Bucs, a décima oportunidade de disputar um SB. Ao todo, Brady está há 21 anos na liga. IMPRESSIONANTE!

Veja também:

Brady é uma máquina de quebrar tabus

Sem contar que, nessa primeira temporada pela franquia, já quebrou outros tabus. Por exemplo, os Bucs não chegavam aos playoffs desde 2007. A uma final desde 2002. Tampa se tornou uma equipe relevante e não mais coadjuvante no campeonato. Além disso, o atleta se consagrou com mais um título de divisão, só que, agora na NFC. Os demais foram pela AFC.

Ademais, até aqui, nenhum QB conseguiu o feito de Brady: finalista nas três primeiras décadas do novo século. O modo que ele ‘quebrou a maldição’ de disputar um Super Bowl em casa não podia ser melhor: o camisa 12 superou um rival do calibre de Aaron Rodgers dentro do Lambeau Field.

Assim deixando para trás Cardinals, Dolphins, Texans e Vikings, que sonharam, mas não conseguiram chegar na disputa final dentro dos seus domínios.

Tom Brady tem mais participações em Super Bowls do que 31 franquias

Com isso, o quarterback que se mudou para Flórida e jogou a 55ª temporada da liga com as cores preta e vermelha, conseguiu aumentar sua vantagem diante dos times da NFL – só está atrás do Patriots (11) em número de Super Bowls. Dallas Cowboys, Denver Broncos e Pittsburgh Steelers formam um triplo empate: oito finais.

Enfim, após derrotar Drew Brees e Aaron Rodgers o camisa 12 terá mais uma vez pela frente Patrick Mahomes – QB do novo legado da liga e atual MVP da final. Será que o camisa 15 será capaz de impedir mais recordes de Tom Brady no Raymond James Stadium? Esta final promete fortes emoções!

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Jornalista com MBA em mídias digitais e nato contador de histórias. e o seguinte: todos os torcedores são conquistados por dinastias positivas ou negativas - não existe essa de 'modinha'.

Mais notícias