Buccaneers superam Washington com brilho de Brady e acabam com jejum nos playoffs

Brady mais uma vez brilhou na pós-temporada (Reprodução/Bucs)
prévia washington buccaneers playoffs 2021

Após 12 anos de ausência, o Tampa bay Buccaneers voltou com tudo nos playoffs da NFL! Liderados pelo monstro Tom Brady, os Bucs venceram o Washington Football Team por 31 a 23 no FedEx Field e seguem vivos na briga pelo Super Bowl 55 – que este ano será disputado em Tampa Bay. Agora, quem esperava um atropelo no duelo deste sábado (09) caiu do cavalo: Washington foi resiliente, mesmo sem Alex Smith, e vendeu muito caro a derrota em um dos seis duelos da super rodada de Wild Card.

>> Veja os Palpites do Endzone Brasil nos playoffs da NFL

Como não poderia ser diferente, Brady foi o grande destaque na primeira vitória dos Buccaneers nos playoffs desde 2002. Líder absoluto de vitórias em pós-temporada, o camisa 12 mostrou a frieza habitual e foi muito bem: 380 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação. Já a defesa deixou muito a desejar, principalmente contra o jogo aéreo, e precisa melhorar bastante caso a equipe sonhe em disputar o título em sua casa em fevereiro.

Do outro lado, Washington cai de cabeça erguida – dando muito trabalho e mantendo o jogo interessante até os minutos finais. Apesar da derrota, o QB Taylor Heinicke foi o grande destaque da partida: o desconhecido QB jogou como um grande veterano e foi um bom substituto para Alex Smith. Ao todo, foram 26 de 44 passes completos para 306 jardas, um touchown e uma interceptação – além de um lindo TD terrestre. Já a defesa incomodou Brady menos do que se esperava e não foi um fator no duelo na capital americana.

>>> Confira o calendário completo dos playoffs e as demais prévias

Como fica?

Tampa fica no aguardo da decisão no confronto de Saints x Bears para saber seu adversário: se New Orleans vencer, os Bucs encaram os Saints; já se Chicago surpreender, Tom Brady e companhia recebem os Rams na Flórida.

Veja também:

Com Brady seguro, Tampa controla primeira etapa

Apesar de jogar longe da Flórida, o ataque dos Bucs estava se sentindo em casa e logo abriu uma boa vantagem no início do duelo na capital americana. Após abrir o placar com um field goal de 29 jardas de Ryan Succop, Tom Brady aproveitou a boa posição de campo, após uma interceptação de Taylor Heinicke, e lançou seu primeiro touchdown na partida – conexão fácil fácil com Antonio Brown. 9 a 0 Tampa (Succop errou o extra point).

Após um começo bem ruim, Heinicke foi encontrando espaços na secundária dos Buccaneers e liderou uma ótima campanha no começo do segundo período – finalizada com um touchdown terrestre de J. McKissic. Football Team de volta na partida! Não por muito tempo: Brady respondeu na mesma moeda e logo lançou seu segundo TD no duelo – este para Chris Goodwin. Leonard Fournette falhou na conversão de dois pontos logo em seguida.

Muito pouco pressionado, Brady teve uma primeira etapa impecável: 209 jardas, dois TDs e nenhuma INT. Senhor do jogo, Tampa Bay voltou a ampliar o marcador antes do intervalo – com mais um field goal de Succop. Assim, os Buccaneers foram para os vestiários vencendo por 18 a 07.


>> Confira a ordem inicial dos Draft 2021 e as posições carentes das primeiras 18 equipes


Washington encosta, mas Bucs matam o jogo nos minutos finais

Após dominar amplamente na primeira etapa, Tampa Bay foi um espectador no terceiro período e assistiu ao time de Washington voltar para a partida no FedEx field.

O Football Team pontuou logo no retorno do intervalo – com um field goal de Dustin Hopkins. Minutos depois, a defesa dos mandantes finalmente apareceu forçando um fumble do calouro Ke’Shawn Vaughn. Em um terceiro período brilhante, Heinicke acertou bons passes e transformou o turnover em sete pontos com um touchdown terrestre com muita garra. 18 a 16 Buccaneers.

Brady sabia que precisava dar uma resposta rápida para garantir a vitória – e foi o que aconteceu. O ataque de Tampa acordou e anotou dez pontos no começo do último período: mais um field goal de Succop e um touchdown terrestre de Leonard Fournette. 28 a 16 Bucs.

Mesmo lesionado, Heinicke se recusou a desistir. O jovem QB voltou a campo e mais uma vez colocou a partida em uma posse de bola – com um lindo passe para o touchdown de S. Sims. Infelizmente para o garoto, do outro lado estava o GOAT. Tom Brady recebeu a bola de volta, posicionou Ryan Succop par um bom chute de 37 jardas que colocou números finais no duelo na capital americana. Grande vitória dos Bucs!

Comentários