O caminho do Kansas City Chiefs até o Super Bowl 55

Chiefs-Dolphins-semana14-2020

Atual campeão do Super Bowl, o Kansas City Chiefs entrou na temporada 2020 como grande favorito ao título e fez questão de reafirmar isso de forma categórica. A equipe liderada por Andy Reid mostro superioridade sobre todos seus adversários e venceu mesmo quando não encantou. Foram 14 vitórias e duas derrotas, sendo que a última veio na semana 17, quando quase todos os titulares foram poupados.

Veja com mais detalhes como foi o caminho dos Chiefs até a grande decisão em Tampa Bay neste domingo (07):

Veja as últimas do Super Bowl 55:

INÍCIO AVASSALADOR DEIXOU “COLEGAS DE GERAÇÃO” PARA TRÁS

Kansas City iniciou sua jornada com uma reedição do Divisional Round anterior, enfrentando e vencendo novamente o Houston Texans. Depois, foi a vez do calouro Justin Herbert ficar para trás, antes de Patrick Mahomes brilhar na vitória sobre o Baltimore Ravens. A sequência foi ampliada para quatro vitórias seguidas após outro domínio dos Chiefs, desta vez sobre um combalido New England Patriots.

RIVAIS SE IMPÕE, SUPERAM FREGUESIA E QUEBRAM INVENCIBILIDADE DOS CHIEFS

Assim como em 2019, os Chiefs engataram quatro vitórias consecutivas antes da primeira derrota da temporada. Se ano passado o Indianapolis Colts foi o responsável pela façanha, desta vez o feito coube a um rival de divisão. Em um dos melhores jogos de 2020, o Las Vegas Raiders superou Kansas City no seu modo de jogar e venceu por 40 a 32, em pleno Arrowhead Stadium.

KC REAFIRMA DOMÍNIO NA NFL COM DEZ VITÓRIAS SEGUIDAS

Para a infelicidade dos adversários da AFC, a derrota na semana 5 foi uma mera exceção. A partir dali, Mahomes & cia empilharam seus adversários um após o outro e engataram uma sequencia de DEZ vitórias consecutivas. Equipes como Buffalo Bills, New Orleans Saints e o Tampa Bay Buccaneers, rival no próximo domingo, foram dizimados.

No último triunfo da sequência, inclusive, Kansas City superou o Atlanta Falcons e garantiu, ainda na semana 16, a melhor campanha geral da AFC. O feito dos Chiefs permitiu que os atuais campeões entrassem com o time reserva na última rodada, descansando e preparando seu esquadrão para os playoffs.

CHIEFS SUPERAM CONCUSSÃO DE MAHOMES E DOMINAM BILLS E BROWNS PARA CHEGAR AO SB

De folga, Kansas City assistiu do sofá ao massacre do Cleveland Browns sobre o Pittsburgh Steelers e descobriu seu adversário no Divisional Round. Muitos imaginavam um atropelo dos Chiefs, mas o que se viu foi um duelo que por pouco não acabou em zebra. Mahomes deixou o campo após lesionar o pé e sofrer uma concussão, exigindo que Chad Henne entrasse para fechar o jogo para os Chiefs. Em um misto de coragem de Henne e ousadia de Andy Reid, KC freou a recuperação de Cleveland e avançou à Final da AFC.

Na decisão, um reencontro: o Buffalo Bills de Josh Allen. A expectativa era se Mahomes jogaria após a concussão sofrida contra os Browns, e, para a infelicidade, de Buffalo isso aconteceu. A partida começou adversa para Kansas City, com os Bills abrindo 9 a 0, mas tudo mudou depois disso. Os Chiefs dominaram o confronto e despacharam o adversário com uma vitória por 38 a 24.

Kansas City é hoje o melhor time da NFL e não há dúvida acerca disso. As vitórias em situações distintas evidenciam bem isso, inclusive. Diferente do ano passado, os Chiefs chegam “leves” para o Super Bowl LV, já que o LIV voltou de Miami em sua bagagem. Porém, o adversário agora não será tão simples. KC precisará resgatar todo o seu poderio mostrado até aqui para superar a feroz defesa do Tampa Bay Buccaneers e o maior de todos os tempos Tom Brady. Será que Mahomes está pronto para tomar o trono de vez?

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Jornalista com passagem pela ESPN Brasil e apaixonado por futebol americano, Andrei Paternostro é repórter do Endzone Brasil

Mais notícias