JJ Watt é jogador dos Cardinals! O que esperar do defensor no Arizona?

JJ Watt Cardinals

Como era de se esperar, JJ Watt não ficou desempregado por pouco tempo. Menos de um mês após ser dispensado do Houston Texans, em comum acordo, o defensor recebeu propostas de várias equipes e acabou fechando com um time que jamais apareceu como provável destino: o Arizona Cardinals.

Embora tenha se noticiado que Watt estaria em dúvida entre Packers, Bills, Browns e Titans, Watt surpreendeu a todos e acabou no deserto do Arizona. O defensive end garantiu um belo contrato de dois anos e 31 milhões – 23 deles garantidos. O próprio jogador fez o anúncio do novo time nas redes sociais:

Veja também:

Para quem começou a acompanhar a NFL há pouco tempo, trata-se de um dos maiores pass-rushers da história da liga – um dos únicos três da história a vencer o prêmio de Meelhor Defensor da NFL em três oportunidades (todos entre 2012, 2014 e 2015).

Completo nos mais diversos quesitos que envolvem o futebol americano, ele mudou a dinâmica da posição de defensive end desviando passes próximo da linha de scrimmage. Certamente terá o seu lugar no Hall da Fama daqui a algum tempo.

O que esperar de JJ Watt nos Cardinals?

Eis a grande questão: será que JJ Watt conseguirá ficar livre das lesões? Watt teve dificuldade para ficar em campo nos anos anteriores – com oito jogos somando as temporadas de 2016 e 2017. O DE voltou a render próximo do esperado apenas em 2018, com 16 sacks e sete fumbles forçados, mas voltou a sofrer com lesões em 2019 – perdendo metade da temporada.

Watt conseguiu ser titular nos 16 jogos da temporada 2020, mas o seu desempenho deixou bastante a desejar – assim como a franquia como um todo. Mesmo com sete passes defendidos, JJ teve apenas números medianos como pass-rusher: cinco sacks e dois fumbles forçados.

A promessa é de que ele volte a aumentar seus números ao lado de outro pass-rusher monstruoso: Chandler Jones. Para se ter uma ideia, Jones (97) e Watt (95,5) são os jogadores com mais sacks computados na NFL desde 2012.

Watt deve ter um impacto imediato na defesa de Arizona – que foi a 12ª melhor cedendo pontos em 2020. O DE será comandado por um velho conhecido: o coordenador defensivo Vance Joseph fez parte da comissão técnica dos Texans por três anos e conhece bem as características do jogador. Se conseguir ficar livre das lesões, deve causar um impacto imediato no deserto.

Tags: , , , , ,

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Endzone Brasil

Mais notícias