Notas da AFC South no Draft 2021: Texans, Colts, Jaguars e Titans

Veja como foi o desempenho da AFC South no Draft 2021: Houston Texans, Indianapolis Colts, Jacksonville Jaguars e Tennessee Titans

AFC South no Draft 2021

Após semanas de muita expectativa, o Draft 2021 já entrou para os livros de história da NFL. Muitos times conseguiram fazer trabalhos excelentes e realmente reforçaram seus elencos para os próximos anos. Já outros fizeram escolhas, digamos, bem questionáveis. Quem se deu bem? Quem se seu mal? Chegou o dia de analisar o trabalho dos times da AFC South no Draft 2021: Houston Texans, Indianapolis Colts, Jacksonville Jaguars e Tennessee Titans.

Veja também:

Houston Texans

Nota no Draft 2021: 4

3ª rodada (67): QB Davis Mills, Stanford
3ª rodada (89): WR Nico Collins, Michigan
5ª rodada (147): TE Brevin Jordan, Miami
5ª rodada (170): LB Garrett Wallow, TCU
6ª rodada (195): DT Roy Lopez, Arizona

AFC South no Draft 2021

Em seu primeiro ano como GM dos Texans, Nick Caserio tinha poucas escolhas para trabalhar. Começando o Draft apenas na terceira rodada, a equipe selecionou Davis Mills, bom QB de Stanford que viveu com lesões no College. Com a situação indefinida de Deshaun Watson, Mills pode acabar aparecendo como titular muito antes do que se espera.

Depois veio Nico Collins, uma escolha sólida para um grupo de recebedores que perdeu peças na offseason. Uma boa presença física com atributos bem polidos. Depois, Jordan é uma escolha questionável, por ser um jogador ‘cru’, mas que pode se desenvolver em algo interessante.

A equipe ainda gastou outras picks para subir e selecionar Wallow, outro movimento questionável para um time com tão poucas escolhas. Um primeiro draft bem mediano/fraco de Caserio.


Indianapolis Colts

Nota no Draft 2021: 5

1ª rodada (21) EDGE Kwity Paye, Michigan
2ª rodada (54): EDGE Dayo Odeyingbo, Vanderbilt
4ª rodada (127): TE Kylen Granson, SMU
5ª rodada (165): S Shawn Davis, Florida
6ª rodada (218): QB Sam Ehlinger, Texas
7ª rodada (229): WR Mike Strachan, Charleston
7ª rodada (248): OL Will Fries, Penn State

AFC South no Draft 2021

Os Colts entraram no Draft com duas grandes necessidades: pass-rush e um left tackle. Apenas uma delas foi resolvida. Paye é um excelente talento e parece pronto para se encaixar no EDGE de Indianapolis e causar impacto logo de cara. Por sua vez, Odeyingbo vem de contusão e deve ser inserido aos poucos no grupo defensivo da equipe.

Depois, a equipe realizou diversas escolhas aparentemente ‘desnecessárias’, como Granson (que inclusive foi selecionado bem acima do esperado). Davis pode servir como talento de rotação na secundária, apenas. Ehlinger brilhou no College, mas dificilmente traduzirá seu desempenho de lá para a NFL.

A equipe que busca se manter no topo da divisão precisava de mais armas prontas para competir de imediato. E nesse quesito, os Colts pecaram bastante neste Draft.


Jacksonville Jaguars

Nota no Draft 2021: 7

1ª rodada (1): QB Trevor Lawrence, Clemson
1ª rodada (25): RB Travis Etienne, Clemson
2ª rodada (33): CB Tyson Campbell, Georgia
2ª rodada (45): OT Walker Little, Stanford
3ª rodada (65): S Andre Cisco, Syracuse
4ª rodada (106): DT Jay Tufele, USC
4ª rodada (121): EDGE, Jordan Smith, UAB
5ª rodada (145): TE Luke Farrell, Ohio State
6ª rodada (209): WR Jalen Camp, Georgia Tech

AFC South no Draft 2021

A seleção de Trevor Lawrence com a primeira escolha geral do Draft chocou um total de zero pessoas no mundo. O melhor QB do Draft vem para dar início a uma nova era em Jacksonville. No entanto, a chegada de Etienne, seu parceiro em Clemson, surpreendeu. Não era uma necessidade dos Jaguars, mas pode dar muito certo apostar nessa química.

O resto das escolhas segue os moldes de ‘alto risco, alto potencial’. Campbell não era o melhor CB disponível, mas se encaixa perfeitamente no esquema defensivo da equipe. Little não joga há dois anos por contusões e por optar não jogar no ano passado, mas é um excelente prospecto de linha ofensiva.

Os outros jogadores parecem peças com bom potencial e que devem se encaixar aos poucos no elenco, sem a necessidade de serem titulares logo de cara. No geral, os Jags poderiam ter selecionado algumas peças diferentes, mas o Draft foi bom e deve render frutos ao time.


Tennessee Titans

Nota no Draft 2021: 7

1ª rodada (22): CB Caleb Farley, Virginia Tech
2ª rodada (53): OT Dillon Radunz, North Dakota State
3ª rodada (92): LB Monty Rice, Georgia
3ª rodada (100): CB Elijah Molden, Washington
4ª rodada (109): WR Dez Fitzpatrick, Louisville
4ª rodada (135): EDGE Rashad Weaver, Pittsburgh
6ª rodada (205): WR Racey McMath, LSU
6ª rodada (215): S Brady Breeze, Oregon

AFC South no Draft 2021

Seguindo uma tendência de anos anteriores, os Titans apostaram alto com sua primeira escolha. Um prospecto tido por alguns como o melhor cornerback do Draft, Farley tem sua trajetória marcada por sérias lesões. Assim como Corey Davis em 2019 e Jeffery Simmons em 2019, a equipe apostou no talento sobre o questionamento. Vamos ver se a aposta vale o risco como nos dois jogadores citados.

Radunz é um ótimo prospecto de OL e deve competir por uma vaga de titular logo de cara. Rice e Weaver devem se encaixar bem em um sistema ‘rotacional’ na defesa, com Rice possivelmente assumindo um papel maior de imediato.

Fitzpatrick é um ótimo valor no quarto round, chegando para talvez substituir Corey Davis logo de cara, sendo um bom corredor de rotas com ótima velocidade e boas mãos. Se tirar o melhor de seu potencial, pode ser um dos maiores ‘steals’ deste Draft.

Quer saber mais do Draft 2021? Confira:

Tags: , , , , , , ,

Ex-estudante de jornalismo, Matheus escreve sobre suas maiores paixões: os esportes americanos.

Mais notícias