O sinal de alerta já acendeu no Pittsburgh Steelers – desde 2013 o time não começa o ano com duas derrotas seguidas. Se o embate contra o Seattle